InícioEditorialPolítica Nacional‘Brasil já está decolando, só falta Campos Neto’, diz líder do governo...

‘Brasil já está decolando, só falta Campos Neto’, diz líder do governo no Congresso

Em conversa com jornalistas nesta quarta-feira, 12, o líder do governo no Congresso, senador Randolfe Rodrigues (Sem partido), agradeceu a votação das medidas ligadas ao orçamento e voltou a criticar a manutenção da taxa básica de juros (Selic) em 13,75% pelo Banco Central. “Aprovamos a reforma tributária, aprovamos o esforço fiscal e o arcabouço fiscal no Senado e na Câmara (…) O Brasil já está decolando, só está faltando o Sr. Roberto Campos Neto. A gente está pedindo para ele, vamos lá Sr. Roberto Campos Neto, vou bater palma para o senhor abaixar a taxa Selic a partir de agosto, que é a única coisa que falta.” Às vésperas do recesso parlamentar, o Congresso Nacional apreciou Projetos de Lei (PL) e vetos presidenciais em sessão conjunta. Dois vetos foram derrubados. Um deles retirava a Polícia Legislativa do Sistema Único de Segurança Pública (Susp). O outro diz respeito aos percentuais mínimos que as concessionárias de distribuição de energia elétrica devem aplicar em pesquisa para programas de eficiência energética.

Foram mantidos os vetos à lei que prorroga benefícios para os setores de evento, turismo e empresas aéreas na forma de isenção de impostos. Um dos pontos vetados que foram mantidos previa repasse de 5% dos recursos do Sistema S para a Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur). A mesma sessão conjunta também tratou de créditos no orçamento da União. Foram aprovados R$ 3 bilhões para Estados e municípios implementarem a Lei Aldir Blanc, sobre o incentivo à cultura. Também foram aprovados um crédito de R$ 127 milhões para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e recursos para o reajuste salarial de servidores públicos e militares das forças de segurança do Distrito Federal.

Por causa da sessão conjunta do Congresso, a reunião de instalação da Comissão Especial que vai analisar a PEC da Anistia, que aconteceria nesta quarta, foi cancelada e remarcada para agosto, após o fim do recesso. Faltaram parlamentares suficientes para abertura dos trabalhos e votação. São necessários 308 votos para a aprovar a criação do colegiado. O presidente da comissão deve ser o deputado federal Diego Coronel (PSD) e o relator deve ser o deputado federal Antonio Carlos Rodrigues (PL). A Proposta de Emenda à Constituição 9/2023, conhecida como PEC da Anistia, prevê perdão aos partidos políticos que cometeram crimes eleitorais de 2015 até 2022. Entre as irregularidades estão propaganda abusiva e descumprimento de cotas de gênero e raça nos pleitos eleitorais. A PEC visa permitir ainda que empresas privadas paguem dívidas dos partidos contraídas até 2015, ano em que o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou inconstitucional a doação de empresas para as campanhas.

*Com informações do repórter André Anelli

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Holocausto “não pode ser comparado a nada”, diz chanceler alemã

Annalena Baerbock está no Brasil para o encontro de ministros do G20 e foi...

Grupo que matou jovem fez outra vítima com “mesmo modus operandi”

Os envolvidos na morte do vendedor Matheus Silva Cruz (foto em destaque), 23 anos,...

Rio de Janeiro decreta epidemia de dengue

O Estado do Rio de Janeiro decretou nesta quarta-feira, 21, epidemia de dengue em...

Tudo acordado com o Executivo sobre emendas foi sancionado, diz Haddad

“Isso foi reconhecido pelo próprio Arthur Lira”, afirma o ministro da Fazenda em relação...

Mais para você