InícioEditorialPolítica NacionalBrasil precisa de um "choque de civilidade", diz Barroso

Brasil precisa de um “choque de civilidade”, diz Barroso

Durante ato de 1 ano do 8 de Janeiro, o presidente do STF falou no início de uma “nova era”; voltou a dizer que o país precisa de pacificação

O presidente do STF, ministro Roberto Barroso, disse que não há mais espaço no Brasil para “descumprimento da regra do jogo” Sérgio Lima/Poder360 – 29.set.2023

Anna Júlia Lopes 8.jan.2024 (segunda-feira) – 17h15

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Roberto Barroso, afirmou na tarde desta 2ª feira (8.jan.2024) que o Brasil precisa de um “choque de civilidade” para evitar que episódios como o 8 de Janeiro se repitam no país.

Durante ato realizado pelos Três Poderes no Congresso Nacional, Barroso falou em “recomeço” e no início de uma “nova era”. Assim como em seu discurso feito na Suprema Corte, o ministro afirmou que o país precisa de “pacificação”. Eis a íntegra do discurso (PDF – 73 kB).

“A tentativa de golpe de Estado, de abolição violenta do Estado Democrático de Direito e da violação do patrimônio público estão sendo punidas na forma da lei”, disse Barroso. Segundo o magistrado, não há mais espaço no Brasil para “descumprimento da regra do jogo”.

O presidente da Corte disse ainda que, durante o 8 de Janeiro, pessoas “aparentemente comuns” foram insufladas por “falsidades conspiratórias” e transformadas em criminosas e “aprendizes de terroristas”.

“Muitos dos invasores se ajoelhavam no chão e rezavam fervorosamente. De onde, meu Deus do céu, pode ter saído essa combinação implausível de religiosidade, violência e desrespeito ao próximo? […] Que tipo de inspiração teria empurrado essas pessoas em uma ribanceira moral?”, disse o ministro em seu discurso.

Barroso já havia discursado sobre os ataques à Praça dos Três Poderes durante ato feito no STF sobre o 8 de Janeiro. Na ocasião, afirmou que o Brasil “merece” e ainda precisa passar por uma “verdadeira pacificação da sociedade”.

Assista (10min5s): 

1 ANO DO 8 DE JANEIRO As cúpulas do Executivo, Legislativo e Judiciário se reúnem nesta 2ª feira (8.jan) no Salão Negro do Congresso Nacional para lembrar 1 ano dos ataques de 8 de Janeiro às sedes dos Poderes.

Nesta 2ª feira, completa-se 1 ano desde que bolsonaristas radicais insatisfeitos com a vitória do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) invadiram os prédios do Palácio do Planalto, do Congresso Nacional e do STF.

Leia mais sobre o 1 ano do 8 de Janeiro:

Dos mais de 2.000 presos, 66 ainda estão detidos pelo 8 de Janeiro; Leia a cronologia dos desdobramentos do 8 de Janeiro; 8 de Janeiro custou ao menos R$ 16 milhões para os cofres públicos.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

No STF, PM réu pelo 8/1 vê descoordenação de inteligência e cita erros

O ex-comandante-geral da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) coronel Fábio Augusto Vieira, réu...

Documentos secretos revelam que ditadura expulsou diplomatas gays

Um novo relatório secreto chegou à mesa do ministro José de Magalhães Pinto, em...

Janja brinca com militar, entrega cadela Resistência e a pede de volta

Primeira-dama fez graça durante envio de ração para pets ao Rio Grande do Sul;...

Leo Santana lota Anhangabaú na abertura da Virada Cultural de SP

São Paulo — O começo do show atrasou mais de uma hora e o...

Mais para você