InícioEditorialEsportesCBF sofre ataques racistas nas redes sociais

CBF sofre ataques racistas nas redes sociais

Logo Agência Brasil

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informou nesta sexta-feira (24) que o seu perfil no Instagram sofreu ataques racistas ao longo da atual semana. As mensagens comparavam jogadores e torcedores brasileiros a macacos. O presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues, também foi alvo de ofensas.

A entidade máxima do futebol brasileiro também anunciou que já tomou as medidas cabíveis nesse caso: “Comunicar as autoridades policiais, visando a identificação e punição dos autores desses ataques, pois se tratam de crimes capitulados na legislação brasileira, inclusive punidos com pena de prisão. Além disso, tais perfis foram denunciados ao Instagram. Também na esfera desportiva, foram enviados ofícios à Fifa e Conmebol, dando ciência do fato”.

Notícias relacionadas:

  • Flamengo vence Bragantino e entra na briga pelo título do Brasileiro.
  • Cano decide e Fluminense supera São Paulo no Maracanã.
  • Brasil é eliminado da Copa do Mundo de futebol sub-17.

“Tenho orgulho de ser o primeiro negro, nordestino, descendente de indígenas a ocupar a presidência da CBF. Sempre soube e sigo consciente da minha luta e das dificuldades que terei que passar ao longo da minha vida por não ter origem na elite do Brasil, de ter vindo do interior do Nordeste. Desde os oito anos de idade convivo com a pesada mão do racismo, tanto sobre mim quanto sobre a minha família. Meu compromisso em transformar o futebol brasileiro em um lugar sadio não será cerceado”, declarou o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.

O perfil da CBF no Instagram é o maior do mundo entre confederações, com 17,2 milhões de seguidores.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Congressistas lançam Frente Parlamentar dos videogames

Lançada nesta 3ª feira (20.fev), bancada vai defender profissionalização dos e-sports e barateamento de...

Bicheiro suspeito em morte de miliciano contrata ex-ministros do STJ

São Paulo — O bicheiro Adilson Coutinho Oliveira Filho, o Adilsinho, conhecido pela ostentação...

Mauro Vieira diz que falas de chanceler de Israel são ‘inaceitáveis’ e ‘mentirosas’

O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, afirmou nesta terça-feira, 20, que as  “manifestações...

Não se usa o Holocausto como comparação, diz Wagner após fala de Lula

Senador afirma ter conversado com o presidente e reforçado apoio ao que foi dito...

Mais para você