InícioEditorialPolítica NacionalCentenas de manifestantes fazem ato em Madri contra fascismo

Centenas de manifestantes fazem ato em Madri contra fascismo

Protesto coincide com a convenção conservadora “Europa Viva 24”, organizada pelo partido de direita espanhol Vox

Na imagem, os manifestantes reunidos na Plaza de Colón, em Madri, e carregando cartazes com a mensagem “fascismo não” Reprodução/X @VeletaWilly – 19.mai.2024

PODER360 19.mai.2024 (domingo) – 13h14

Centenas de manifestantes se reuniram na Plaza de Colón no centro de Madri (Espanha), neste domingo (19.mai.2024) em ato contra o fascismo.

Imagens publicadas nas redes sociais mostram os manifestantes gritando mensagens como “Fascistas fora das nossas ruas” e “Não passarão”. Os participantes também carregaram cartazes em que estava escrito “Fascismo não” e “Usa métodos fascistas? Pode dizer o que quiser, é fascista”.

Assista (2min16s): 

Segundo informações do El País e do El Mundo, o protesto foi convocado por diversas entidades sociais depois que foi anunciada a convenção conservadora “Europa Viva 24” na cidade.

O evento, iniciado no sábado (18.mai) e terminado neste domingo (19.mai), foi organizado pelo Vox, partido de direita da Espanha. Foi realizado no Palácio Vistalegre, a 10 km da Plaza de Colón.

A convenção reuniu diversos líderes internacionais de direita e conservadores, como o presidente da Argentina, Javier Milei, e a deputada Marine Le Pen, que foi candidata a presidente da França .

Também participaram por videoconferência a primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, e o premiê da Hungria, Viktor Orbán.

A maioria dos líderes citou nos discursos a migração, pedindo maior controle das fronteiras na Europa para impedir a “grande entrada” de migrantes.

Em seu discuso, Milei afirmou que “abrir a porta ao socialismo é um convite à morte”. Foi ovacionado ao dizer “basta de socialismo, basta de fome, basta de miséria”.

Assista ao evento completo (3h47min39s):

O VOX A legenda foi criada em 2013 pelo ex-líder do PP (Partido Popular, de centro-direita) Alejo Vidal-Quadras. Ele buscava reunir os eleitores de direita desiludidos com a política do país, em sua maioria moderados.

Em 2014, Santiago Abascal tornou-se presidente do Vox. Passou a apresentar propostas mais conservadoras, com discursos centrados no “anticomunismo”.

Nas eleições gerais da Espanha, realizadas em 23 de julho de 2023, o Vox se aliou ao PP. O Partido Popular conseguiu 133 cadeiras do Congresso dos Deputados e o Vox, 33 de um total de 350 cadeiras .

Apesar de saírem vitoriosas no pleito, as legendas de direita não conseguiram formar maioria. Tentaram negociar uma coalizão para governar, que também não teve sucesso. Pedro Sánchez, líder do PSOE (Partido Socialista Operário Espanhol, centro-esquerda) foi eleito primeiro-ministro na ocasião.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Damares quer youtuber petista no inquérito de milícias digitais

Senadora envia pedido para Moraes com base em reportagem que afirma que Thiago dos...

Prefeitura convida cidadãos para inauguração de chafariz no Kaikan Sul nesta quinta (13)

A Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas convida os cidadãos para a inauguração de...

Jean Wyllys diz que Grazi Massafera só existe porque ele estava no BBB

Jean Wyllys foi o campeão do BBB 5, ao desbancar Grazi Massafera na final...

Aluguel de loja e buraco na parede: como bando furtou 100 armas no DF

As investigações da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) revelaram que os criminosos responsáveis...

Mais para você