InícioNotíciasPolíticaCom tríplice bacteriana atrasada, governo doa 60 mil doses ao exterior

Com tríplice bacteriana atrasada, governo doa 60 mil doses ao exterior

O governo federal doou 60 mil doses da tríplice bacteriana para o exterior, mesmo com 2,6 milhões de crianças no Brasil em atraso no calendário de vacinação.

A vacina, também chamada DTP, previne contra difteria, tétano e coqueluche. As doses foram enviadas pelo Ministério da Saúde à Palestina.

De acordo com o relatório “Situação Mundial da Infância 2023″, divulgada pela Unicef este ano, 1,6 milhão de crianças no Brasil não receberam sequer uma dose da tríplice viral bacteriana entre 2019 e 2021.

Isso corresponde a 40% de todas as crianças que não receberam nenhuma vacina DTP na América Latina.

A doação do governo brasileiro à autoridade palestina aconteceu em julho, três meses após a divulgação do relatório da Unicef, e chamou a atenção do deputado Rodrigo Valadares (União Brasil).

As vacinas foram entregues à ministra da Saúde da Palestina, Mai Salem Al-Kailah.

Há dez dias [desde 17/10], a coluna tem questionado o Ministério da Saúde sobre as doações em meio ao significativo atraso na vacinação no Brasil. A pasta informa que ainda apura o caso.

Vacina ministério da saude 010316 RF_002 (1)

Ministério da Saúde recebe do MRE pedidos de doação feitos por outros países Rafaela Felicciano/Metrópoles

Vacina crianças

Brasil tem 2,4 milhões de crianças com calendário da tríplice viral atrasado Reprodução

Vacina Doação Palestina

Vacinas foram entregues pelo embaixador Alessandro Candeas, à ministra da Saúde da Palestina, Mai Salem Al-Kailah Agência Brasil

A doação de vacinas e medicamentos a países estrangeiros é coordenada pela Agência Brasileira de Cooperação (ABC), órgão do Ministério das Relações Exteriores (MRE). Os pedidos recebidos pelo MRE são encaminhados ao Ministério da Saúde.

O procedimento é feito em regime de cooperação humanitária.

Essas doações dependem do monitoramento do prazo de validade dos medicamentos em estoque no Ministério da Saúde. Caso seja detectada a proximidade do vencimento, a pasta pode encaminhar os medicamentos às secretarias estaduais ou municipais de Saúde ou doá-las para outros países.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Moraes abre novo inquérito para apurar obstrução do caso Marielle

Ministro também pede que o MP-RJ avalie a abertura de nova investigação contra o...

Vídeo: Gracyanne Barbosa fala sobre “escapadinhas” com Belo

Gracyanne Barbosa falou que ainda dá umas “escapadinhas” com Belo, revelando que, vez...

Caso Marielle: STF aceita denúncia contra irmãos Brazão e outros acusados de mandar matar vereadora

PGR denunciou os irmãos Brazão e o delegado Rivaldo Barbosa em maio deste ano;...

Mais para você