InícioEditorialPolítica NacionalComitês da Câmara pedem investigação contra Hunter Biden

Comitês da Câmara pedem investigação contra Hunter Biden

Filho do presidente dos EUA é acusado de desacato por se recusar a prestar depoimento sobre o impeachment do pai; vai ao plenário

Os comitês Judiciário e o de Supervisão da Câmara dos Estados Unidos aprovaram a recomendação de que o plenário encaminhe o caso de Hunter Biden ao Departamento de Justiça, entretanto, ainda não há data para que a análise seja feita pelos congressistas Reprodução/CBS Sunday Morning

PODER360 10.jan.2024 (quarta-feira) – 23h55

Os comitês Judiciário e o de Supervisão da Câmara dos Estados Unidos aprovaram nesta 4ª feira (10.jan.2024) relatório que pede a responsabilização de Hunter Biden por desacato ao Congresso. O filho do presidente Joe Biden se recusou a prestar depoimento que busca informações para a investigação de impeachment do presidente norte-americano.

A decisão de ambos comitês recomendaram que o plenário da Casa encaminhe o caso de Hunter ao Departamento de Justiça. Entretanto, ainda não há data para que a análise seja feita pelos congressistas. As informações são do jornal The Washington Post.

A votação que classifica as ações de Hunter Biden como desacato criminal é uma das três formas que o Congresso norte-americano tem de fazer valer suas intimações. Qualquer cidadão considerado responsável por desacato ao Congresso pode sofrer multa e prisão entre 1 e 12 meses nos EUA.

As votações foram marcadas por uma breve aparição de Hunter, que foi criticada por integrantes do partido Republicano. O filho do presidente caminhou pelos corredores do Capitólio e sentou junto aos seus advogados. Sua visita à votação foi realizada um dia antes dele responder uma acusação de evasão fiscal.

ENTENDA O CASO O depoimento de Hunter busca informações sobre o seu pai, o presidente Joe Biden. O democrata é acusado de tráfico de influência pelos republicanos.

O presidente norte-americano supostamente influenciou as relações comerciais de seu filho com empresa produtora de gás natural sediada na Ucrânia.

Os republicanos investigam também um cheque de US$ 200.000 feito pelo presidente ao seu irmão, James Biden, em 2018, que foi reembolsado alguns meses depois.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Mercado reage mal após Lula revisar meta de superavit

Economistas elevaram projeções do dólar e da Selic; moeda norte-americana chegou a R$ 5,28...

IBGE vende mapa com Brasil no centro do mundo. Saiba como comprá-lo

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vai começar a vender o mapa-múndi...

Mais para você