InícioEditorialCPI pede proteção a ex-integrantes do MST que denunciaram ameaças

CPI pede proteção a ex-integrantes do MST que denunciaram ameaças

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito que apura os atos do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), coronel Luciano Zucco (Republicanos-RS), pediu à Polícia Federal proteção aos três ex-integrantes do movimento que testemunharam no colegiado nesta terça-feira, 8. “O pedido foi unânime entre os membros do colegiado, e, eu, como Presidente da Comissão, requisito as providências necessárias para que a solicitação seja atendida com a maior brevidade possível e desde já coloco a Secretaria da Comissão à disposição para as tratativas que se fizerem necessárias”, diz o despacho.

Ainda de acordo com o despacho, as testemunhas sofreram agressões e são ameaçadas de morte. Deverão ser avaliadas as proteções dos seguintes depoentes: Benevaldo da Silva Gomes, ex-participante do acampamento Egídio Bruneto; Elivaldo da Silva Costa, residente do Projeto de Assentamento Rosa do Prado; e Vanuza dos Santos de Souza, ex-participante do Acampamento São João, todos localizados no estado da Bahia.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

SEC aprova primeiro ETF de Ethereum: um novo marco para o mercado de criptomoedas

Em um passo histórico para o universo das criptomoedas, a Comissão de Valores Mobiliários...

RS tem 10 dias para explicar mudança em código ambiental, diz Fachin

Ministro do STF leva ação apresentada pelo PV que alega retrocesso ambiental para julgamento...

Infrator de alto risco, adolescente que matou os pais é transferido

São Paulo — O adolescente de 16 anos que matou a família na última...

Mais para você