InícioEditorialPolítica NacionalDeputado Silas Câmara tem mandato cassado por gastos irregulares em campanha

Deputado Silas Câmara tem mandato cassado por gastos irregulares em campanha

Decisão do TRE-AM ocorre depois de ação apresentada pelo Ministério Público Federal, que questiona o fretamento de aeronaves; defesa do parlamentar irá recorrer

Reprodução / Câmara dos Deputados

Silas Câmara, líder da bancada evangélica na Câmara dos Deputados

O deputado federal Silas Câmara (Republicanos), líder da bancada evangélica na Câmara dos Deputados, teve seu mandato cassado pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Amazonas nesta quarta-feira, 31. Iniciada pelo Ministério Público Eleitoral, a ação trata de gastos irregulares de recursos durante a campanha eleitoral de 2022. Segundo o órgão, a prestação de contas do então candidato apresentava irregularidades e inconsistências relacionadas ao fretamento de aeronaves. Entre os exemplos citados pela Procuradoria, estão casos em que a aeronave contratada teria transportado pessoas sem vínculo com a campanha e teria ido para um Estado diferente daquele em que Câmara estava concorrendo.

Apesar da cassação, a decisão cabe recurso e o caso pode ser levado ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A defesa de Silas informou que irá recorrer da decisão e alegou que o resultado contrariou a posição anterior do próprio TRE-AM, que havia aprovado as contas do deputado. Segundo os advogados, Silas Câmara deve continuar exercendo suas responsabilidades enquanto aguarda a apreciação definitiva do caso pela Justiça Eleitoral. O parlamentar está em seu sétimo mandato consecutivo na Casa baixa e recentemente esteve envolvido em discussões com o governo Lula sobre a isenção tributária para pastores.

Publicado por Caroline Hardt

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Quem é o brasileiro suspeito de planejar ataques a judeus no DF

Goiânia – Investigações conduzidas pela Polícia Federal (PF) descobriram que o grupo terrorista libanês Hezbollah recrutou brasileiros para ataques...

Lula envia ao Congresso novas regras para motoristas de apps

Proposta estabelece pagamento mínimo por hora trabalhada e contribuição para a Previdência; regras valem...

O BBB e a expulsão de Wanessa

Foto: Reprodução 1 de 1 Wanessa Camargo ...

Mais para você