InícioEditorialDois homicídios, brutalidade e desordem em Itabela

Dois homicídios, brutalidade e desordem em Itabela

A violência, brutalidade e desordem avançaram durante esse domingo (30) de outubro, no município de Itabela, que registrou 02 (dois) assassinatos e prisão de parlamentar por descumprir orientação das autoridades.

O primeiro registro de homicídio foi contra uma mulher de 32 anos, morta a golpes de arma branca no distrito de Monte Pascoal. Gerlane de Almeida Silva, assassinada pouco metros de uma unidade de ensino (local de votação eleitoral), a situação chocou a comunidade.

O segundo crime aconteceu numa rua que liga dois bairros (Bandeirante e Ubirajara Brito) de Itabela, onde a vítima um homem sem documentos que contribuísse com sua identificação, foi morto a golpes pedrada, desfigurando parte de sua face.

Nos dois crimes as autoridades policiais foram notificadas e os corpos passaram por levantamento cadavérico seguido da remoção.

Também no município a polícia militar foi notificada sobre uma movimentação descumpria medidas de segurança e importunação da ordem presente no Art. 330 CP. Mas descumprindo pelo um vereador do município de Itabela.

Diante da situação e por mais uma orientação dos militares, o vereador Vagner Martins dos Santos, acusado de descumprir a lei foi preso e encaminhado para a unidade da polícia civil de Eunápolis.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Alckmin diz que homeschooling é proposta “racista”

Presidente interino afirma que modelo foi implementado para isolar...

Leilão de trem SP-Campinas testa eficácia de “roadshow” de Tarcísio

São Paulo — Pouco mais de duas semanas após fazer um tour europeu para...

Transferências via DOC e TEC deixam de existir nesta quinta-feira

Um dos meios mais tradicionais de transferência bancária chega ao fim nesta quinta-feira, 29,...

Alckmin volta a dizer que Lula “salvou” a democracia

Presidente em exercício declarou que só é democrata quem...

Mais para você