InícioEditorialEconomiaDólar cai para R$ 4,89 e bolsa tem maior alta em 6...

Dólar cai para R$ 4,89 e bolsa tem maior alta em 6 meses

Logo Agência Brasil

A divulgação de dados fracos da economia dos Estados Unidos fez o mercado financeiro ter um dia de euforia. O dólar fechou abaixo de R$ 4,90 pela primeira vez em mais de 40 dias. A bolsa de valores teve a maior alta diária em 6 meses.

O dólar comercial encerrou esta sexta-feira (3) vendido a R$ 4,896, com recuo de R$ 0,068 (1,54%). A moeda abriu em baixa e intensificou a queda após a publicação de dados de emprego nos Estados Unidos. Na mínima do dia, por volta das 9h50, a cotação chegou a R$ 4,87.

Notícias relacionadas:

  • Copom reduz juros básicos da economia para 12,25% ao ano.
  • Entidades do setor produtivo divergem sobre corte na taxa de juros.
  • Mercado financeiro eleva projeção de crescimento para 2,19% em 2023.

Com o desempenho desta sexta-feira, a moeda norte-americana caiu 2,88% apenas nos três primeiros dias de novembro. Este ano, a divisa acumula baixa de 7,27%. O dólar está no menor valor desde 20 de setembro, quando tinha fechado vendido a R$ 4,88.

No mercado de ações, o dia foi marcado por fortes ganhos. O índice Ibovespa, da B3, fechou o dia aos 118.160 pontos, com forte alta de 2,7%. Esse foi o maior ganho diário desde 5 de maio. O indicador também está no nível mais alto desde 20 de setembro.

Em todo o planeta, o dólar caiu e as bolsas subiram após a divulgação de que a economia norte-americana criou menos empregos que o previsto em outubro. No mês passado, os Estados Unidos abriram 150 mil postos de trabalho, menos que os 180 mil previstos.

A notícia reduziu as expectativas de que o Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano) eleve os juros básicos da maior economia do planeta antes do fim do ano. Isso porque os números fracos indicam que as altas de juros em vigor desde o início do ano passado surtiram efeito para conter a inflação nos Estados Unidos. Taxas menos altas em economias avançadas estimulam a aplicação de recursos em países emergentes, como o Brasil.

Mesmo com o agravamento do conflito entre Israel e o grupo palestino Hamas, o mercado financeiro ainda não sofreu turbulências significativas porque a guerra, a menos que se alastre pelo Oriente Médio, tem pequeno impacto na produção de petróleo.

* Com informações da Reuters

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Saúde feminina: a conexão essencial entre o cuidado físico e mental

A influência do cuidado integral na saúde da mulher revela dados importantes para prevenir...

Jornalistas são barrados de fórum em Londres com ministros do STF

Jornalistas foram impedidos de permanecer no andar do hotel de luxo em que os...

Projeto que libera estados legislarem sobre armas avança na Câmara

Foto: Pedro França/Agência Senado Fachada do Palácio do Congresso Nacional 24 de abril de...

Ana Maria chora ao conversar com tutor de cachorro morto em voo da Gol

Ana Maria Braga entrevistou o engenheiro João Fantazzini Júnior, tutor do cãozinho Joca, de...

Mais para você