InícioNotíciasPolíticaEduardo Bolsonaro quer convocar Mercadante após zap com chefe da Abin

Eduardo Bolsonaro quer convocar Mercadante após zap com chefe da Abin

O deputado Eduardo Bolsonaro (PL) protocolou na Câmara dos Deputados um requerimento de convocação do presidente do BNDES, Aloizio Mercadante. O parlamentar quer explicações do petista sobre conversas com Saulo Moura da Cunha quando este chefiava a Agência Brasileira de Inteligência.

Como mostrou a coluna, Saulo agradeceu a Mercadante pela indicação à Abin e, a um interlocutor, disse que o presidente do BNDES lhe “pediu cargos”. Procurado, o petista negou qualquer interferência na agência de inteligência.

Aloísio Mercadante durante evento

Mercadante apoiou nomeação de Saulo Moura para o comando da Abin Hugo Barreto/Metrópoles

imagens da CPI sobre os atos de 8 de janeiro em depoimento do ex-presidente da abin saulo moura (9)

Saulo Moura confirmou pedido de cargos em conversas vazadas Hugo Barreto/ Metrópoles

Eduardo bolsonaro na CPMI do 8 de Janeiro 1

Eduardo Bolsonaro quer levar Mercadante e Saulo Moura para comissões da Câmara Vinícius Schmidt/Metrópoles

Em requerimentos protocolados nas comissões de Segurança Pública e Fiscalização Financeira e Controle da Câmara, Eduardo Bolsonaro pede as convocações de ambos “para esclarecer conversas vazadas pelo aplicativo whatsapp, bem como para explicar o suposto apoio dado à nomeação de Saulo Moura da Cunha, ex-diretor da Abin”.

De acordo com as conversas às quais a coluna teve acesso, escreveu Mercadante a Saulo, no fatídico 8 de Janeiro:

“Bom dia, Saulo, você estará na posse da [ministra] Anielle Franco ou [do diretor-geral da Polícia Federal] Andrei Rodrigues, queria conversar um pouco”, escreveu o presidente do BNDES.

“Bom dia, ministro. Estarei na posse do Andrei, sim”, respondeu Moura. Dois dias depois, Saulo relatou o encontro a um colega da Abin.

“Encontrei Mercadante agora na posse do Andrei”, contou. “Pediu cargos?”, perguntou o interlocutor. “Sim. E disse que iria falar com o PR [presidente da República]”, escreveu Saulo Moura.

Mercadante foi uma das autoridades próximas ao presidente Lula que defendeu a nomeação de Saulo Moura da Cunha para o comando da Abin. Ele agradeceu pelo apoio em mensagem enviada ao presidente do BNDES no dia 2 de janeiro.

“Caro ministro Mercadante. Aqui é Saulo. Agradeço imensamente o apoio para a minha nomeação na Abin, publicada hoje. Estou à sua inteira disposição aqui na agência”, escreveu o ex-chefe da agência. Mercadante respondeu parabenizando Saulo pelo “grande desafio” que teria pela frente. 

Saulo acabou sendo exonerado da direção-geral da Abin em decorrência dos atos do dia 8 de janeiro. Mercadante segue no comando do BNDES. À coluna, ele negou o pedido de cargos.

“Ele não pediu cargos. Pediu indicações para compor um grupo de trabalho para uma análise/diagnóstico do setor, como ocorreu em todas as áreas do governo”, disse a assessoria de Mercadante.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Governador liga para Lewandowski após ataques com mortes no Ceará

Elmano de Freitas (PT) diz não descartar pedir apoio do governo Lula para reforçar...

Venda agressiva e Gusttavo Lima na propaganda: o que é a Gav Resorts

Com vendedores gravados fazendo promessas “estratosféricas” de investimentos e turistas reclamando de abordagens predatórias,...

2 ministros não reconhecem ligação de Jefferson com 8 de Janeiro

Para Nunes Marques e André Mendonça, ofensas do ex-deputado descritas por Moraes não o...

Gilmar Mendes encerra ação sobre Odebrecht contra Aloysio Nunes

O ministro Gilmar Mendes, do STF, determinou o trancamento de uma ação de improbidade...

Mais para você