InícioEditorialEmpresário pede que Câmara de Campinas abra processo contra vereador acusado de...

Empresário pede que Câmara de Campinas abra processo contra vereador acusado de apoiar invasão de propriedade

A Câmara de Campinas recebeu na tarde desta terça-feira, 9, um pedido para abertura de Comissão Processante (CP) contra o vereador Paulo Bufalo (PSOL). O pedido foi protocolado pelo empresário Álvaro César Iglesias. No documento, obtido pelo site da Jovem Pan, o Iglesias diz que a ação tem por objetivo apurar a conduta do parlamentar no caso da invasão do imóvel de sua propriedade, localizado na Rua Delfino Cintra, no bairro Botafogo, em Campinas. Recentemente, o prédio foi ocupado por invasores. “Ante o exposto, requer, as providências necessárias para que, com urgência que a gravidade dos fatos exige, o mencionado comportamento do vereador Bufalo seja objeto de apuração por meio de Comissão Processante, cujo relatório posso embasar a aplicação de medidas que coíbam a reiteração da prática criminosa e tragam de volta tranquilidade e segurança aos munícipes”, diz um trecho da petição. Iglesias conta que, após ser alertado por vizinhos sobre a ocupação, o filho dele, o empresário Álvaro César de Camargo Andrade Iglesias, foi até o local e chamou a Polícia Militar. “Solicitou aos invasores que deixassem a propriedade. Com gritos e xingamentos, os ocupantes ilegais rejeitaram a solicitação, obrigando o procurador a recorrer, tanto à Polícia Militar, quanto a Civil, e registrar a ocorrência”, diz no pedido enviado à Câmara. O filho do proprietário do imóvel ainda disse ter encontrado o vereador Paulo Búfalo, que apoiava o movimento, usando o carro oficial da Casa de Leis de Campinas. Os dois discutiram. “Utilizando carro oficial dessa Câmara, trazia mais pessoas para a ocupação”, comenta em outro trecho da denúncia. De acordo com o empresário, o imóvel está desocupado devido a crise financeira causada pela pandemia, além de ter frisado que os impostos municipais estão pagos, e que a documentação está regularizada.

Em nota, a Câmara de Campinas informou que recebeu o pedido e o encaminhou “à Procuradoria da Casa para averiguar se a solicitação atende os requisitos legais necessários do decreto lei número 201/67 para a admissibilidade do processo. Se tiver o aval da Procuradoria, a denúncia será lida e apreciada em plenário por parte dos vereadores na primeira reunião ordinária subsequente à apresentação do protocolo”. A próxima reunião acontece nesta quarta-feira, 10, a partir das 18h. Para ser efetivamente instaurada, é necessária a concordância por maioria simples dos parlamentares presentes no plenário. Caso seja aceita, a Comissão Processante será constituída por três vereadores definidos por sorteio. Caso contrário, será arquivada. A Comissão Processante pode indicar apenas dois procedimentos: a cassação ou a rejeição do pedido. Ela também é aprovada se houver maioria simples entre os parlamentares presentes na votação. Paralelamente ao pedido de CP, a Corregedoria da Câmara disse que “recebeu uma representação formalizada pelo vereador Nelson Hossri para averiguar os fatos. Também foi encaminhada uma representação à Corregedoria assinada por José Ferreira Campos Filho para apurar eventual desvio de conduta do parlamentar”, completa. O site da Jovem Pan tentou contato com o vereador Paulo Bufalo, e aguarda resposta.

Na segunda-feira, 8, o programa Os Pingos Nos Is, da Jovem Pan, mostrou o vídeo em que o empresário Álvaro César Iglesias discute com o vereador Paulo Bufalo. “Em vez de estar trabalhando pela cidade, você está fazendo esse tipo de coisa. Usando carro público, dinheiro público, Você recebe salário do IPTU que pago naquele imóvel”, diz o empresário sobre a atitude do vereador de apoiar a invasão. Na sequência, Paulo Bufalo confirma que é “para apoiar o movimento”, que segundo ele, traz “dignidade para a luta das mulheres na cidade”, fala. “Me chamaram e eu vim apoiar”, acrescenta. O parlamentar ainda fala que essa “é a minha lógica”. Os dois seguem com o bate-boca no meio da rua e o empresário completa dizendo que Paulo Bufalo foi eleito para apoiar invasão. Nas redes sociais, Álvaro condenou a atitude do vereador. Nas imagens, ele mostra Paulo Bufalo, um segundo homem que acompanha o parlamentar, além de outras duas pessoas que estão dentro do veículo oficial da Câmara de Campinas. “Eles estão apoiando invasão de propriedade privada. A alegação aqui é de que o imóvel está desocupado sem algum fim social. Esse imóvel está com todo IPTU quitado, fica à disposição para quem quiser consultar”, comenta.

 

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Janja se encontra com primeira-dama da Guiana

Conversaram sobre iniciativas públicas de dignidade menstrual e igualdade de gênero nos 2 países ...

Mutirão Contra a Dengue ocorreu em bairro teixeirense nesta quarta (28)

A Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas, através da Secretaria de Saúde, promoveu nesta...

Boninho dá bronca geral no BBB 24: “Psicóloga ficou brava”

As coisas ficaram tensas dentro da casa mais vigiada do Brasil na tarde desta...

Quantos dias duram sintomas da dengue? Médico explica fases da doença

O Brasil caminha a passos largos para atingir a marca de 1 milhão de...

Mais para você