InícioEditorialPolítica NacionalFesta de 44 anos do PT tem Lula, Janja, samba e crítica...

Festa de 44 anos do PT tem Lula, Janja, samba e crítica a Bolsonaro

Figuras históricas do partido, como José Dirceu e Delúbio Soares, estavam presentes; maior ausência foi do ministro da Fazenda, Fernando Haddad

Figuras históricas do PT como o ex-deputado e ex-ministro José Dirceu e o ex-tesoureiro Delúbio Soares foram à festa do partido Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

Mariana Haubert Mateus Maia 21.mar.2024 (quinta-feira) – 0h06

Com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da primeira-dama, Janja Lula da Silva, o Partido dos Trabalhadores promoveu na noite de 4ª feira (20.mar.2024) um jantar em comemoração aos 44 anos do partido, completados em 10 de fevereiro, em Brasília.

Lula e Janja chegaram ao evento, realizado no CICB (Centro Internacional de Convenções de Brasília), às 20h40. Entraram por um acesso lateral e foram recepcionados pela presidente do PT, deputada Gleisi Hoffmann, e pela secretária de Finanças do partido, Gleide Andrade. Os 2 foram embora por volta de 23h50.

Figuras históricas do partido como o ex-deputado e o ex-ministro José Dirceu e o ex-tesoureiro Delúbio Soares foram ao evento. Dirceu, que mostrou força ao reunir políticos para sua festa de aniversário, não parou durante a festa. Foi muito tietado. Os 2, no entanto, não ficaram próximos do palco, onde estavam Lula e a maioria dos ministros.

Antes dos discursos, enquanto os convidados ainda confraternizavam, o telão do evento exibiu reportagens sobre o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e, em determinados momentos, críticas ao ex-chefe do Executivo, como uma foto sua acompanhada da frase “mercador da morte”.

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

Lula ficou em uma área reservada no salão principal, isolada por uma fita vermelha e seguranças do GSI (Gabinete de Segurança Institucional). O espaço contou com 3 grandes mesas retangulares onde ficaram acomodados o petista, Janja, ministros e alguns dos convidados. O presidente ficou sentado entre a cantora Maria Rita e o advogado e representante do grupo Prerrogativas, Marco Aurélio de Carvalho.

O presidente relatou que havia combinado que não iria discursar. Teria mudado de ideia ao ver o microfone: “Dá coceira nos dentes”. No fim, o petista discursou por quase 13 minutos. Criticou a liberdade provisória concedida ao ex-jogador Daniel Alves, elogiou o PT por receber o vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) em 2022 e voltou a falar da guerra na Faixa de Gaza.

Assista ao discurso de Lula na festa do PT (12min58s):

Janja ficou em pé atrás de Lula dançando ao som da sambista Tereza Cristina. Ela subiu ao palco para se apresentar às 22h30. A 1ª música que cantou foi “O mundo é um moinho”, de Cartola. Ela cantou até cerca de 23h15. Mais cedo, coube à primeira-dama puxar o “parabéns” do PT.

Assista ao vídeo do “parabéns” do PT (1min):

AUSÊNCIAS E PRESENÇAS A ausência mais chamativa na festa foi a do ministro da Fazenda, Fernando Haddad. O político já foi prefeito de São Paulo pelo PT e disputou pelo partido as eleições presidenciais de 2018. Segundo o Poder360 apurou, ele saiu do ministério por volta de 21h45, mas estava muito cansado para comparecer ao evento.

Eis a lista dos principais nomes que foram à festa:

Luiz Inácio Lula da Silva, presidente da República; Janja da Silva, primeira-dama da República; Alexandre Padilha, ministro das Relações Institucionais; Anielle Franco, ministra da Igualdade Racial; Benedita da Silva (PT- RJ), deputada; Camilo Santana, ministro da Fazenda; Carlos Veras (PT-PE), deputado;  Carlos Zarattini (PT-SP), deputado; Décio Lima, ex-deputado e presidente do Sebrae; Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT; Emídio de Souza (PT-SP), deputado estadual; Enio Verri (PT-PR), deputado; Esther Dweck, ministra da Gestão e da Inovação; Fátima Bezerra (PT-RN), governadora do Rio Grande do Norte; Gleide Andrade, secretária de Planejamento e Finanças do PT; Gleisi Hoffmann (PT-PR), deputada e presidente do PT; Guilherme Boulos (Psol-SP), deputado e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo;  Jaques Wagner, líder do Governo no Senado; Jilmar Tatto (PT-SP), deputado; Jorge Messias, ministro da AGU; Jorge Viana, ex-senador e presidente da ApexBrasil; José Dirceu, ex- ministro da Casa Civil;  Leandro Grass, presidente do Iphan;  Luiz Marinho, ministro do Trabalho; Lurian Lula da Silva, filha de Lula; Marcelo Freixo, presidente da Embratur; Márcio Macêdo, ministro da Secretaria Geral; Marco Aurélio de Carvalho, presidente do Prerrogativas; Marco Maia (PT-SP), ex- deputado; Margareth Menezes, ministra da Cultura; Nísia Trindade, ministra da Saúde; Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula; Paulo Pimenta, ministro da Secom; Paulo Teixeira, ministro do Desenvolvimento Agrário;  Rogério Carvalho (PT-SE), senador; Rui Costa, ministro da Casa Civil; Wadih Damous (PT-RJ), deputado. Veja fotos tiradas pelo repórter fotográfico do Poder360, Sérgio Lima:

Poder360 – 20.mar.2024

Estande para fotos na entrada da festa de 44 anos do PT em Brasília

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

Imagem do presidente Lula na entrada da festa do PT

Poder360 – 20.mar.2024

Entrada da festa do PT, realizada no CIBC, em Brasília

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

Líder do Governo no Senado, senador Jaques Wagner

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

Festa do PT em Brasília | Poder360 – 20.mar.2024

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

O deputado federal Zeca Dirceu e sua mãe, Clara Becker

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

A ministra da Saúde, Nísia Trindade

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

A ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

O ministro da Casa Civil, Rui Costa

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

O ministro da Educação, Camilo Santana

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

O deputado e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

O ex-deputado e ex-ministro José Dirceu

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

Lula na festa de 44 anos do PT, realizada em Brasília

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

Da esq. para a dir.: Gleisi Hoffmann (presidente do PT), Janja e Lula

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann (de verde), e o presidente Lula

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, discursa durante o jantar em comemoração aos 44 anos do PT

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

Lula apaga as velas do bolo do PT enquanto Janja canta “parabéns”

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

Lula durante seu discurso na festa de 44 anos do Partido dos Trabalhadores

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

Lula sentado entre o advogado Marco Aurélio de Carvalho e a cantora Maria Rita

Sérgio Lima/Poder360 – 20.mar.2024

Show da cantora Teresa Cristina na festa do PT CARDÁPIO PETISTA Eis o que foi servido:

entradas – empadinhas, frios, carpaccio de lagarto, antepastos e pães; jantar – salada, arroz branco, legumes gratinados, fricassê de brócolis, farfalle ao molho de funghi, lasanha de berinjela ao molho sugo, filé de frango com damasco e ricota ao molho de 3 queijos, e filé mignon ao molho de shimeji. JANJA NA ORGANIZAÇÃO A primeira-dama esteve pessoalmente envolvida na organização das atrações culturais do evento. Foi ela quem convidou a cantora de samba Teresa Cristina. As duas tomaram café da manhã no Palácio da Alvorada mais cedo na 4ª feira (20.mar).

INGRESSOS E OUTRAS FESTAS DO PT O valor do ingresso foi até 4 vezes mais caros que a festa junina do partido realizada em 2023. O “Arraiá” do PT de 2023 teve convites de até R$ 5.000. A festa foi no Minas Tênis Clube, em Brasília, e teve venda de ingressos por WhatsApp. Era possível adquirir entradas a R$ 300 ou R$ 1.000.

No ano passado, a comemoração do aniversário de 43 anos de fundação da sigla foi realizada em 10 de fevereiro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. Pouco depois dos atos extremistas do 8 de Janeiro, o partido reuniu milhares de militantes para a celebração.

FUNDAÇÃO Em 10 de fevereiro de 1980, uma reunião no Colégio Sion, em São Paulo, marcou a fundação do Partido dos Trabalhadores. Lula era um dos principais líderes, com figuras como Jacó Bittar e Olívio Dutra.

A legenda reuniu sindicalistas, militantes de esquerda (alguns egressos das guerrilhas contra a ditadura), intelectuais, integrantes de movimentos sociais e setores da Igreja Católica. Era o auge do movimento conhecido como Teologia da Libertação e das comunidades eclesiais de base, que juntavam ideologia de esquerda ao catolicismo.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

O candidato de Lula a presidente da Câmara não será o de Arthur Lira

A fala original de Ulysses Guimarães, presidente do MDB, da Câmara dos Deputados e...

Atletas olímpicos “convocam” a população para votar nas Eleições 2024

No ano em que o mundo voltará os olhos para os Jogos Olímpicos de...

Caixa deve discutir mudança em operação das Loterias na 2ª

Medida preocupa funcionários e causou reação de entidades representativas, que prepararam carta ao Conselho...

Conheça história do Hino Nacional, cujo dia é celebrado neste sábado

Neste sábado (13/4), o Brasil celebra o dia do Hino Nacional Brasileiro. A escolha...

Mais para você