InícioEditorialEconomiaGeração de energia solar terá isenção fiscal para placas fotovoltaicas

Geração de energia solar terá isenção fiscal para placas fotovoltaicas

Logo Agência Brasil

Após bater recorde de geração em 2022, a energia solar ganhou um incentivo para atrair mais consumidores em 2023. Decreto publicado nesta quarta-feira (29) no Diário Oficial da União incluiu as placas fotovoltaicas no programa de isenção fiscal para semicondutores.

Criado em 2007, o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Indústria de Semicondutores (Padis) zera quatro tributos – Imposto de Importação, Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), Programa de Integração Social (PIS) e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (Cofins) – sobre a produção de chips e de semicondutores. Neste ano, o governo abrirá mão de arrecadar R$ 600 milhões.

Notícias relacionadas:

  • Energia solar ultrapassa 25 GW e alcança 11,6% da matriz elétrica.
  • Agência Brasil explica vantagens da energia solar nas residências.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), o Padis tem se mostrado fundamental para a fabricação de diversos dispositivos eletrônicos, como smartphones, computadores, televisores e sistemas de automação industrial. A pasta ressalta que os semicondutores e os componentes microeletrônicos são necessários para garantir a viabilidade da Indústria 4.0 (indústria adaptada à revolução tecnológica).

Estatísticas

A indústria de semicondutores no Brasil tem faturado mais de R$ 3 bilhões por ano, correspondendo a apenas 0,2% da oferta mundial desses componentes. Em 2019, último ano com dados fechados disponíveis, o investimento em pesquisa e desenvolvimento no setor atingiu R$ 90,2 milhões, e os produtos fabricados pelo Padis geraram o recolhimento de R$ 59,2 milhões em tributos federais.

Segundo o MDIC, a ampliação do programa para a indústria de painéis solares impulsionará a produção de semicondutores e a geração de empregos de qualidade em diferentes estados. Para a pasta, o aumento da indústria de semicondutores poderá estimular a inovação em outras áreas, como inteligência artificial e computação em nuvem. Em relação à energia solar, o ministério destaca que o Padis elevará os investimentos em infraestrutura verde e em novas usinas de energia limpa em várias regiões do país.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

INSS começa a pagar décimo terceiro antecipado nesta quarta

Começa nesta quarta-feira (24) o pagamento do abono anual aos beneficiários da Previdência Social...

Semana de Prevenção ao Câncer de Boca: FACISA Promove Evento Gratuito em Itamaraju

Nesta quinta-feira, dia 25 de abril, a Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas (FACISA) em...

Por frente ampla, Nunes se reúne com representantes de partidos

Caciques de 9 siglas que apoiam a reeleição do prefeito de São Paulo compareceram...

Lula cobra ministros, mas teve 74% menos reuniões com parlamentares que Bolsonaro

Foto: Ricardo Stuckert/Divulgação/Arquivo O presidente Lula 24 de abril de 2024 | 10:29 ...

Mais para você