InícioEditorialGol afirma que pedido de recuperação judicial não afetará voos ou funcionários

Gol afirma que pedido de recuperação judicial não afetará voos ou funcionários

Celso Ferrer, diretor-executivo da Gol Linhas Aéreas, afirmou que o pedido de recuperação judicial apresentado à Justiça dos Estados Unidos (EUA) não afetará voos, clientes e funcionários da empresa. “Nada do que estamos fazendo vai ter qualquer impacto para os agentes de viagem ou para nossos passageiros”, disse Ferrer em coletiva de imprensa. O diretor-executivo reforçou a estratégia da companhia de utilizar o chamado “chapter 11”. A medida já foi utilizada por outras aéreas, incluindo a Latam, e age como um recurso legal para que empresas de diversas nacionalidades possam continuar operando enquanto outras alternativas são negociadas para que a empresa possa se reorganizar financeiramente.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Segundo Ferrer, a dívida da Gol se deve principalmente à crise econômica agravada pela pandemia da covid-19 e por atrasos nas entregas de aeronaves. Na quinta-feira, 25, a empresa anunciou que está negociando um financiamento de cerca de US$ 950 milhões (aproximadamente R$ 4,6 bilhões). “Nosso objetivo é otimizar a frota da Gol de forma a sustentar o crescimento sustentável da companhia. Não devemos ter necessidade de redução das aeronaves em serviço. E não há, em relação a este processo, previsão de redução de pessoal, rotas, número de bases ou destinos que a gente opera”, finalizou o executivo.

*Com informações da Agência Brasil

 

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Entenda a negociação entre Brasil e Paraguai sobre Itaipu

Governos dos 2 países discutem tarifas de 2024 e revisão do chamado anexo C...

Mendonça dá 60 dias para empresas renegociarem acordos com Lava Jato

O ministro André Mendonça, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu prazo de 60 dias...

Moraes derruba decisões de Receita e Carf contra Globo e atores

Depois de decisões favoráveis do ministro Cristiano Zanin e da Primeira Turma do STF,...

Canadá propõe regras para atuação de plataformas digitais

A Lei de Danos On-line foi apresentada ao Parlamento pelo governo de Justin Trudeau;...

Mais para você