InícioEditorialPolítica NacionalGoverno da Polônia anuncia "liquidação" de empresas de comunicação

Governo da Polônia anuncia “liquidação” de empresas de comunicação

Medida é parte de objetivo da nova gestão de “restaurar a imparcialidade” de veículos estatais

O primeiro-ministro Donald Tusk foi eleito para o cargo em 11 de dezembro Reprodução/X @donaldtusk

PODER360 27.dez.2023 (quarta-feira) – 23h16

O governo da Polônia anunciou nesta 4ª feira (28.dez.2023) que vai “liquidar” as empresas estatais de comunicação, como canais de televisão, de rádio e agências de notícias. A medida é parte do compromisso do novo governo de “restaurar a imparcialidade” dos meios de comunicação estatais. A oposição disse que a medida é “irregular” e que vai tentar barrá-la.

O líder da Coalizão Cívica da Polônia, Donald Tusk (centro), foi eleito em 11 de dezembro como novo primeiro-ministro do país. Ele derrotou no parlamento polonês o então premiê conservador Mateusz Morawiecki por 248 votos a favor e 201 contra. A vitória encerrou 8 anos de comando do partido de direita PiS (Lei e Justiça) no país.

A “liquidação” dá às empresas estatais de comunicação e aos seus funcionários mais proteção contra a disputa política e as trocas de governo, assegurando o emprego de funcionários públicos mesmo com a falta de financiamento e permitindo a reestruturação.

Quando o novo governo assumiu, iniciou uma reforma das instituições de comunicação social estatais que, segundo os críticos, se tornaram meios de propaganda durante os 8 anos do PiS no poder.

A medida desta 4ª feira (28.dez.2023 vem depois que o presidente Andrzej Duda, um aliado do PiS, decidiu vetar as propostas de gastos do novo governo para o financiamento público da comunicação social.

“Por causa da decisão do presidente da República da Polônia de suspender o financiamento dos meios de comunicação públicos, decidi liquidar as empresas Telewizja Polska SA, Polskie Radio SA e Polska Agencja Prasowa SA”, disse o ministro da Cultura polonês, Bartlomiej Sienkiewicz.

“Na situação atual, tal ação garantirá a continuidade do funcionamento destas empresas, realizar as reestruturações necessárias e evitar o despedimento de colaboradores nas referidas empresas”, afirmou.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Bolsonaro já está em São Paulo para ato na Paulista no domingo

Ex-presidente toma café da manhã com apoiadores na capital;...

Ministros do STF estarão atentos a ato de Bolsonaro em São Paulo

Os ministros do Supremo Tribunal Federal se comprometeram a acompanhar o ato de Jair...

Buscas por fugitivos de penitenciária federal de Mossoró chegam ao 11º dia

As buscas pelos dois detentos que fugiram da Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio...

CEO da Vale diz confiar no conselho para decidir nova gestão

Recondução de Eduardo Bartolomeo à presidência da mineradora é impasse no colegiado; mandato vai...

Mais para você