InícioEditorialPolítica NacionalGoverno do RS anuncia investimento de R$ 46 milhões na educação

Governo do RS anuncia investimento de R$ 46 milhões na educação

Os valores são para compras de equipamentos, repasse extra para merenda ou custeio, como contratação de serviço de limpeza, para acelerar volta às aulas

Segundo o governo do Rio Grande do Sul, 73 mil alunos ainda estão sem aulas; transferência será via repasse direto para escolas Mauro Nascimento/Secom – 13.mai.2024

PODER360 4.jun.2024 (terça-feira) – 15h30

O governo do Rio Grande do Sul anunciou nesta 3ª feira (4.jun.2024) o investimento de R$ 46,6 milhões na educação com o objetivo de acelerar o retorno das aulas. De acordo com dados da 2ª feira (3.jun), 92,3% das escolas do Estado já retornaram às aulas. Porém, 73 mil estudantes ainda estão sem aula. 

Os investimentos serão distribuídos para 3 áreas: agiliza, merenda escolar e mobiliário escolar. 

Agiliza

A ação agiliza vai disponibilizar R$22,2 milhões para ser usado por 636 escolas. O objetivo é que o dinheiro seja usado para investimento, como aquisição de equipamentos, ou custeio, como contratação de serviço de limpeza. A transferência será via autonomia financeira com repasse direto para as escolas no mês de junho, conforme o grau de criticidade. Confira abaixo a distribuição para as escolas: 

R$ 20 mil – 360 escolas nível 1; R$ 40 mil – 180 escolas nível 2; R$ 80 mil – 96 escolas nível 3. Merenda escolar 

O governo fará um repasse extra de R$ 18,2 milhões no repasse mensal da merenda escolar recebida pelas escolas” 2.280 escolas receberão o valor normal mais um valor adicional para cobrir eventuais aumentos dos preços dos alimentos no mês de junho; e 625 escolas vão receber valores extras referentes ao mês de maio para repor os alimentos que foram doados ou utilizados pelos abrigos.

Mobiliário escolar 

O Estado anunciou a compra de R$ 6,3 milhões de mobiliários para reposição nas escolas afetadas. O levantamento do material necessário foi feito com base em um formulário disponibilizado para as escolas. Serão comprados 7,5 mil itens de mobiliário como: conjuntos de mesa e cadeira para estudantes e professores; 42 escolas serão beneficiadas em 32 municípios. Dentro do valor anunciado está inclusa a compra de 8 mil conjuntos de classe modelo pétala que já haviam sido comprados.

Impacto nas escolas 

O governo do Rio Grande do Sul classificou em 5 níveis os danos causados às escolas. Os critérios utilizados foram a gravidade dos danos causados à infraestrutura da escola e os danos sofridos pela comunidade escolar. Confira abaixo a tabela: 

Para as 22 escolas que estão no tipo 5, o governador Eduardo Leite (PSDB) anunciou que, até semana que vem, o governo vai encaminhar um edital na forma de “dispensa de licitação, mas com disputa“. De acordo com Leite, o edital terá disputa de 3 dias para uma “contratação rápida“. O governo estima que, para a construção destas escolas, sejam necessários de R$ 200 milhões a R$ 300 milhões. As reformas para as escolas tipo 3 e 4 estão sendo feitas pela Secretaria de Obras Públicas do Rio Grande do Sul. 

É possível acompanhar a situação e a data de retorno das aulas em cada escola através do mapa do retorno disponibilizado no site da Secretaria da Educação do Estado. 

Confira abaixo o levantamento feito pelo governo do Rio Grande do Sul sobre as escolas atingidas pelas enchentes: 

1.087 escolas atingidas; 573 escolas danificadas com 223.459 estudantes matriculados; 31 escolas servindo de abrigo, atualmente; Escolas de 255 municípios; 29 CREs (Coordenações Regionais de Ensino); 395.181 estudantes impactados.  Em todo o Estado 2.160 escolas já retornaram às atividades de ensino, isso equivale a 92,3% das escolas do Estado. Por outro lado, 178 ou 7,7% das escolas ainda estão com atividades paralisadas. Em número de estudantes, 90,1% já estão tendo aula e 9,9% ainda não retornaram.

O governo do Rio Grande do Sul vai investir R$ 32,6 milhões na saúde, sendo: R$ 1 milhão para compra de 100 câmaras para armazenamento de vacinas e medicamentos termolábeis; R$ 15,3 milhões para a compra de equipamentos hospitalares que foram perdidos ou danificados pelas chuvas; R$ 14,6 milhões pelo programa rede bem cuidar para projetos de reforma ou ampliação de até 60 unidades básicas de saúde.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Beijos forçados e toques nas partes íntimas, PM preso suspeito de estuprar adolescente em Itamaraju

Um policial militar foi preso suspeito de estuprar uma adolescente de 15 anos, quando...

Estudo identifica proteína que ajuda covid a fugir do sistema imune

Descoberta de novo mecanismo de evasão viral representa avanço na imunoterapia e perspectiva promissora...

Quem é Luciane, mãe de Matteus, também envolvida em polêmica de cotas

O ex-BBB Matteus Amaral virou assunto nesta sexta-feira (14/6) devido a fraude de cotas...

Movimento no União Brasil pode barrar candidatura de Elmar à Câmara

Parece que, além da resistência do governo em relação ao nome de Elmar Nascimento...

Mais para você