InícioEditorialPolítica NacionalGoverno federal deve anunciar aumento de verbas e obras nas universidades federais...

Governo federal deve anunciar aumento de verbas e obras nas universidades federais para tentar encerrar greve

Apesar da promessa de mais recursos, Planalto já adiantou que não haverá margem no orçamento para reajustes, uma das principais reivindicações dos grevistas

GUIDO JR./FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Professores, técnicos administrativos e alunos realizam manifestação no campus da UFAL, em Maceió

Em meio a uma greve que já se estende por mais de 50 dias, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tomou a iniciativa de agendar uma reunião com os reitores das universidades federais para a próxima segunda-feira (10). O objetivo dessa reunião é discutir e anunciar um conjunto de medidas destinadas a atender algumas das demandas dos docentes e técnicos em greve. Entre as ações esperadas, destaca-se a liberação de recursos adicionais para obras e o aumento das verbas de custeio destinadas às universidades e institutos federais, cujo orçamento atual de R$ 6,8 bilhões é considerado insuficiente pelos reitores para cobrir despesas essenciais.

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

No entanto, apesar da promessa de mais recursos para custeio e infraestrutura, o governo já adiantou que não haverá margem no orçamento para atender a uma das principais reivindicações dos grevistas: o reajuste salarial. A proposta do governo, que contempla reajustes salariais diferenciados até 2026, não inclui previsão de aumento para o ano de 2024. Essa proposta tem gerado divisões entre os sindicatos dos professores, com alguns aceitando o acordo proposto pelo governo e outros ainda indecisos. Paralelamente, os técnicos administrativos seguem em negociações, com uma nova reunião agendada para discutir suas demandas. A greve nas universidades federais é parte de um cenário maior de descontentamento entre os servidores federais, com o governo contabilizando 20 greves apenas neste ano. A decisão do presidente Lula de intervir diretamente nas negociações, ultrapassando a esfera de atuação do Ministro da Educação, sinaliza a gravidade e a complexidade da situação.

*Com informações do repórter André Anelli

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Beijos forçados e toques nas partes íntimas, PM preso suspeito de estuprar adolescente em Itamaraju

Um policial militar foi preso suspeito de estuprar uma adolescente de 15 anos, quando...

Estudo identifica proteína que ajuda covid a fugir do sistema imune

Descoberta de novo mecanismo de evasão viral representa avanço na imunoterapia e perspectiva promissora...

Quem é Luciane, mãe de Matteus, também envolvida em polêmica de cotas

O ex-BBB Matteus Amaral virou assunto nesta sexta-feira (14/6) devido a fraude de cotas...

Movimento no União Brasil pode barrar candidatura de Elmar à Câmara

Parece que, além da resistência do governo em relação ao nome de Elmar Nascimento...

Mais para você