InícioEditorialPolítica NacionalGoverno Lula paga R$ 4,2 bilhões em emendas Pix em 1 dia

Governo Lula paga R$ 4,2 bilhões em emendas Pix em 1 dia

Mecanismo consiste em transferência de recursos diretamente para Estados e municípios; lei veda repasse depois de 6 de julho

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) reuniudo com os presidentes do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e com o vice-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Edson Fachin, para tratar da situação no Rio Grande do Sul Sérgio Lima/Poder360 – 6.mai.2024

Maria Laura Giuliani 5.jul.2024 (sexta-feira) – 0h02

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pagou ao Congresso mais de R$ 4,25 bilhões em emendas de transferência especial, conhecidas na política como emendas Pix em 1 só dia. 

Os repasses foram realizados na semana do prazo de pagamento de emendas do Executivo. Isso porque a Lei Eleitoral 9.504 proíbe “transferência voluntária” da União a Estados e municípios nos 3 meses que antecedem as eleições. O 1º turno do pleito municipal está marcado para 6 de outubro. 

Os dados estão disponíveis no site Siga Brasil, sistema de informações sobre orçamento federal do Senado. Como o portal apresenta atraso de 1 dia, os valores são referentes a 4ª feira (3.jul.2024) e foram comparados com o dia anterior, 3ª feira (2.jul).

Na semana passada, o Executivo empenhou R$ 7,68 bilhões. No empenho, o valor é reservado e o Executivo assume o compromisso de pagamento. 

Na 3ª feira (2.jul), as emendas Pix pagas correspondiam a R$ 232,464 milhões. 

É importante registrar que o processo para apresentar emendas ao Orçamento é 100% legal e legítimo. Em várias democracias, os congressistas apresentam propostas de investimentos para as áreas de atuação. 

O que faz com que o processo seja questionado é o critério de liberação das verbas por parte do Executivo. Às vezes, o dinheiro só sai quando o governo precisa de apoio do Legislativo para aprovar projetos.

A ação é muito utilizada por Lula, inclusive durante os outros 2 mandatos do petista. 

Essa transferência robusta foi realizada na semana em que os deputados se mobilizam para votar a regulamentação da reforma tributaria, pauta de interesse do governo. 

EMENDAS PIX  Em 2019, o Congresso Nacional aprovou a emenda constitucional 105, que criou a modalidade de transferência especial.  

O mecanismo permite que os congressistas destinem recursos diretamente para os Estados e municípios “sem necessidade de formalização prévia de convênios, apresentação de projetos ou aval técnico do governo federal”. 

Entidades contrárias afirmam que há pouca transparência nesse tipo de repasse, o que levou ao apelido de emenda Pix pela rapidez do processo.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Representando a moda masculina, Márcio Souza

O mercado da moda masculina tem tido uma considerável crescente no mercado mundial, mostrando...

Receita Federal divulga dados da arrecadação de junho na 5ª feira

O Fisco trará informações sobre as receitas depois que...

Da Venezuela a Argentina, Lula nega inimizades: “Elejam quem quiserem”

São Paulo — Depois de dar indiretas ao presidente argentino Javier Milei, o presidente...

Ministério da Saúde anuncia R$ 140 milhões para hospitais do Rio Grande do Sul

O Ministério da Saúde anunciou a liberação de R$ 143,7 milhões para hospitais do...

Mais para você