InícioEditorialPolítica NacionalGoverno retira do ar vídeo de ato em que Lula pede voto...

Governo retira do ar vídeo de ato em que Lula pede voto a Boulos

Retirada se dá depois da repercussão sobre um possível crime eleitoral cometido pelo chefe do Executivo

Lula e Boulos estiveram em ato sindical em São Paulo. Na imagem, os 2 no estádio Itaquerão, do Corinthians em 1º de maio Ricardo Stuckert/PR – 1º.mai.2024

PODER360 1.mai.2024 (quarta-feira) – 22h34

O vídeo da transmissão do ato unificado das centrais sindicais, realizado ontem (4ª) em São Paulo, foi retirado do perfil do CanalGov no YouTube. O conteúdo, que havia sido transmitido ao vivo pelo canal oficial da Presidência na plataforma, deixou de ser acessível ao público.

O governo federal manteve a publicação em que divulga o link da transmissão no X (antigo Twitter). No endereço, no entanto, o vídeo aparece como “indisponível”.

A remoção se deu depois da repercussão do pedido de voto ao pré-candidato à Prefeitura paulista, Guilherme Boulos (PSOL-SP), feito pelo presidente Lula durante evento. Geralmente, as transmissões ao vivo feitas pelo governo permanecem no catálogo de vídeos das redes oficiais.

Em seu discurso, o chefe do executivo fez elogios a Boulos e pediu voto de seus eleitores ao pré-candidato. Na ocasião, o mandatário disse ainda que ele estaria disputando uma “verdadeira guerra” em São Paulo. O principal rival do político é Ricardo Nunes (MDB) -atual prefeito paulista.

“Ninguém derrotará esse moço aqui se vocês votarem no Boulos para prefeito de São Paulo nas próximas eleições. Vou fazer um apelo: cada pessoa que votou no Lula em 1989, em 1994, em 1996, em 2006, em 2010, em 2022, tem que votar no Boulos para prefeito de São Paulo”.

A atitude de Lula pode ser configurada como crime eleitoral por ter sido feita durante evento que contou com dinheiro público. O Poder360 apurou que a estatal desembolsou aproximadamente R$ 3 milhões ao patrocinar o evento. Pode configurar crime eleitoral porque equivale a receber apoio de uma pessoa jurídica, o que é vedado pela lei. 

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

“Tudo bem corintiano bater em mulher, Lula?”, diz Ciro Nogueira

Senador afirma ser “inaceitável” fala do presidente “perdoando” violência doméstica praticada por torcedores do...

Sem furar bolha da esquerda, Boulos anuncia 8º partido em coligação

São Paulo – Polarizando com o prefeito Ricardo Nunes (MDB) nestas eleições, o deputado...

Erik Cardoso busca medalha olímpica após quebrar recorde de 35 anos

Principal velocista do Brasil na atualidade, Erik Cardoso é uma das grandes promessas...

Presidente do Conselho da Vale reafirma “lisura” na escolha de novo CEO

Daniel Stieler disse que o cronograma está sendo seguido “rigorosamente”, mas ainda não há...

Mais para você