InícioEditorialPolítica NacionalHaddad celebra ‘placar expressivo’ no arcabouço fiscal e aposta na aprovação da...

Haddad celebra ‘placar expressivo’ no arcabouço fiscal e aposta na aprovação da reforma tributária

Ministro da Fazenda disse ser ‘natural’ a posição contrária de alguns parlamentares da base do governo sobre o novo marco fiscal

TON MOLINA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, comemorou o resultado da votação do arcabouço fiscal

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, comemorou nesta quarta-feira, 24, a aprovação do texto-base do arcabouço fiscal na Câmara dos Deputados na noite de ontem. O relatório do deputado federal Cláudio Cajado (PP-BA) recebeu 372 votos a favor, 108 contras e 1 abstenção. “Placar expressivo, né? O que se mostrou ontem é que é possível um bom projeto você angariar com apoio expressivo dos parlamentares”, disse Haddad na chegada ao Ministério da Fazenda nesta manhã. Segundo Haddad, a votação é um indicativo de que a reforma tributária também tem grandes chances de ser aprovada pelos deputados. “Isso também nos dá muita confiança de que a reforma tributária é a próxima tarefa a cumprir. O presidente Arthur Lira deixou ontem no almoço muito claro que pretende votar a reforma tributária na Câmara no primeiro semestre”, afirmou.

Questionado sobre o fato de parlamentares de partidos da base do governo, como a Rede e o Psol, terem votado contra as mudanças na regra fiscal, Haddad disse ser ‘natural’ debates sobre sobre os parâmetros do projeto. “Não é fácil você conseguir um placar desse, 372 votos contra, e centro e poucos. Isso significa que o relator fez um grande esforço de encontrar um ponto de equilíbrio. E um ponto de equilíbrio num Congresso tão heterogêneo vai acabar desagradando algumas pessoas.”

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Governo trava taxação de importações de até US$ 50 e adia discussão

Relator tenta acordo para aprovar o fim da isenção, mas governistas estão resolutos; votação...

Quaest: 42% dos deputados avaliam Lula negativamente; 32% aprovam

Rafaela Felicciano/Metrópoles 1 de 1 imagem colorida Lula subindo rampa do planalto - metrópoles...

Mais para você