InícioNotíciasPolicialHomem preso por estupro virtual em Salvador pagava R$50 a mãe da...

Homem preso por estupro virtual em Salvador pagava R$50 a mãe da vítima pelas imagens

O homem preso em flagrante no bairro da Barra, em Salvador, nesta terça-feira (21), pelo crime de estupro de vulnerável por meio virtual, pagava de R$50 a R$80 para ter acesso às transmissões e vídeos de mãe e filha em ato sexual. A venda era feita pela própria mãe da vítima, que a estuprava desde que ela tinha 11 anos. Agora a adolescente tem 13.

O homem, que não teve o nome divulgado pela polícia, tem 58 anos e trabalha como representante comercial. Ainda segundo a Polícia Civil (PC-Ba), a mãe da adolescente e o acusado mantiveram um relacionamento há seis anos, sempre por meio virtual.O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca).

De acordo com a titular da unidade, Simone Moutinho,  a polícia também investiga se existem outros suspeitos no caso e outras vítimas do homem investigado. Além dos arquivos de imagem em que a vítima de 13 anos aparece, os policiais encontraram material pornográfico de outras crianças e adolescentes nos dois celulares e um notebook apreendidos com o representante comercial. 

Em algumas imagens, o suspeito aparece se relacionando com outras vítimas. Ele continua custodiado à disposição da Justiça, considerando que teve um mandado de prisão preventiva cumprido e poderá responder pelos crimes de estupro de vulnerável e por armazenamento de imagens de pornografia infantil.

Prisão

O homem foi preso graças as investigações iniciadas em fevereiro deste ano, após a prisão da mãe da adolescente. A vítima teria relatado o crime na escola e dado o ponto de partida para as prisões. No momento da prisão, o suspeito se mostrou surpreso e negou ter cometido o crime, até o momento em que os policiais tiveram acesso aos dispositivos. 

Ele é casado e mora no edifício da Rua Augusto Frederico Schmith, na Barra. A esposa dele, que estava no imóvel, chegou a passar mal.  “Um homem comum, que não levantava qualquer suspeita. A mulher do suspeito passou mal e disse não saber que o marido tinha um relacionamento, tampouco que cometia o crime”, relatou a delegada durante coletiva de imprensa. A informação é do Portal Bahia Notícias.

Os dispositivos eletrônicos apreendidos serão encaminhados para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Outros casos

Em 2017, outro caso foi registrado no Piauí, onde um técnico de informática de 35 anos, obrigava a ex-namorada a se masturbar com o uso de vibradores e a introduzir outros objetos na vagina e, no mesmo instante, registrava tudo do outro lado. Além de ameaçar divulgar as imagens para amigos e familiares da vítima. O caso é tratado pelo Ministério Público do Piauí como o primeiro do tipo no Brasil.

No ano passado, um homem foi indiciado pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) pelos crimes de estupro virtual, falsa identificação e extorsão. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Ayrton de Andrade Pereira da Silva, de 27 anos, manteve um relacionamento com um jovem de 24 anos fingindo ser mulher pela Internet. Depois de conseguir fotos íntimas da vítima, começou a extorqui-la.

Ameaçando publicar as imagens da vítima em outras redes sociais, o suspeito exigia que uma quantidade de dinheiro fosse transferida para ele por meio de pix, mas fornecia a chave pix de outras pessoas. De acordo com a Polícia, tanto o suspeito quanto a vítima são pessoas com deficiência auditiva que se conhecem há cerca de 15 anos. Eles se encontravam em reuniões da pastoral de pessoas surdas.

 

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Vaccari, ex-tesoureiro do PT, volta a influir na Petrobras

Preso pela Lava Jato e solto em 2019, João Vaccari Neto está trabalhando nas...

Matteus após exposição de fraude: “Pessoas com maldade quiseram fazer”

O ex-BBB Matteus Amaral voltou a falar sobre a acusação de fraude no sistema...

Adolescente morre esfaqueado por segurança de condomínio em Guarulhos

São Paulo — Um adolescente de 17 anos foi morto esfaqueado pelo segurança de...

Mais para você