InícioNotíciasPolíticaLadrões dão golpe em mulher que sacava auxílio emergencial no DF

Ladrões dão golpe em mulher que sacava auxílio emergencial no DF

Uma mulher foi enganada e perdeu o auxílio emergencial por três estelionatários especializados no “golpe do paco”, quando criminosos levam pertences da vítima em troca de suposta vantagem financeira. O caso ocorreu em frente a uma lotérica no setor leste da Estrutural. A quadrilha foi presa nessa segunda-feira (18/3).

No golpe, um dos criminosos simulou deixar cair uma carteira com notas falsas de dinheiro, enquanto uma comparsa fingia encontrar o objeto com a ajuda da vítima. O dono da carteira então promete recompensar a vítima e a cúmplice pela nobre atitude de devolver.

fotos de objetos

Para aplicar crimes, golpistas usavam joias e dinheiro falsos Reprodução

presos estelionatarios

Suspeitos têm longa ficha criminal Reprodução

presos estelionatarios2

Comparsas foram presos na segunda Reprodução

presos estelionatarios3

Criminosos aplicaram golpe em lotérica Reprodução

golpe vítma

Vítima é enganada por criminosos Reprodução

Mal-intencionado, o grupo convenceu a vítima de deixar os pertences com eles enquanto vai até o local para pegar a recompensa. Os comparsas então fugiam com todos os objetos da vítima: R$ 945 de auxílio emergencial, celular e documentos pessoais de identificação.

A vítima estava na lotérica exatamente para sacar o valor que lhe foi furtado. Acionados, agentes da 8ª Delegacia de Polícia Civil (Estrutural) conseguiu identificar o carro e seguiu o veículo até a entrada de Samambaia, quando abordou os suspeitos.

Veja momento em que são presos:

No momento da prisão, foi constatado que o celular de uma das autoras era fruto de um estelionato aplicado no início do mês de março, com o mesmo modus operandi. Também foi verificado que ela tinha um mandado de prisão em aberto pela prática de crime de roubo no Gama.

Na delegacia, a vítima descreveu os objetos utilizados para a prática da fraude: um porta-joias vermelho, um simulacro de anel valioso e uma bolsa com dois volumes de notas falsas.

Os presos foram autuados pelo crime de estelionato, cuja pena é de reclusão de um a cinco anos, e multa, os quais já foram submetidos a audiência de custódia e mantidos presos em razão das diversas passagens criminais.

Um dos homens tem passagem por estelionato e roubo, o outro por seis vezes por estelionato, furtos, receptação, associação criminosa, falsa identidade, lesão corporal, vias de fato, ameaça e tráfico de drogas. Já a mulher, além do delito de roubo, responde também por outros estelionatos e furtos.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Dicas para contratar uma empresa de Marketing que vai impulsionar o seu negócio

Na era digital, o marketing é fundamental para o sucesso de qualquer empresa. Mas...

Revolução dos Cravos faz 50 anos com direita no poder em Portugal

Movimento veio do descontentamento com o regime ditatorial do Estado Novo; marcou a derrubada...

Chefe da Marinha critica título de herói a João Cândido e fala em ‘reprovável exemplo’

Foto: Divulgação Marcos Sampaio Olsen 25 de abril de 2024 | 07:10 O...

Morte do cão Joca: Gol deve dar explicações ao Ministério da Justiça

São Paulo — A Gol Linhas Aéreas deve prestar esclarecimentos, ainda nesta quinta-feira (25/4),...

Mais para você