InícioEditorialPolítica NacionalLula ataca Bolsonaro e recicla slogan de Temer em evento de 100...

Lula ataca Bolsonaro e recicla slogan de Temer em evento de 100 dias do governo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) atacou o governo anterior, do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), durante reunião ministerial desta segunda-feira, 10, que marcou os primeiros cem dias do terceiro mandato do petista na Presidência da República. Em longo discurso, o mandatário acusou o antecessor de ter usado recursos da União para “na perspectiva de perpetuar o fascismo no País”. Sem citar nomes, ao mencionar a gestão bolsonarista, Lula também falou dos brasileiros como “vítimas da ausência de governo”, mencionou obras “abandonadas ou ignoradas pelo governo anterior” e relembrou os atos de 8 de janeiro, em Brasília. “Aquilo foi uma tentativa de golpe feita com a maior desfaçatez, feita por um grupo de reacionários, fascistas, e de extrema-direita que não queria deixar o poder, não queria aceitar o resultado eleitoral, principalmente depois da quantidade dos bilhões do Orçamento utilizados para ganhar as eleições”, afirmou. “Se juntar todos os presidentes, a soma de todas as candidaturas junto não gastou o que esse cidadão gastou na perspectiva de perpetuar nesse país”, acrescentou.

No discurso, o presidente também comparou os investimentos feitos pelos ambos governos, citando cerca de R$ 3,3 bilhões empenhados nos primeiros 100 dias do seu terceiro mandato e comparando com os R$ 880 milhões, segundo ele, investidos pelo governo Bolsonaro nos primeiros três meses de 2022. De acordo com ele, no primeiro trimestre deste ano, foram investidos R$ 535 milhões em ciência e tecnologia, contra R$ 128 milhões no ano passado; em infraestrutura de saúde, foram R$ 145 milhões, agora, e R$ 56 milhões em 2022; em hidrovias, R$ 328 milhões, contra R$ 34 milhões na gestão de Jair Bolsonaro; e em habitação, R$ 203 milhões por Lula até março e, no ano passado, não haviam investimentos até o período. “É uma pequena demostração de como vamos fazer a diferença, superando as dificuldades que se apresentarem para nós”, exaltou.

Em outros momentos, o chefe do Executivo também acusou o governo anterior por ofensas à democracia, citou ataques ao Supremo Tribunal Federal e ao Poder Judiciário, e os atritos de Bolsonaro com os governadores. “Nunca um um presidente tinha tratado entes federados como foram tratados governadores. E deputados também”, comentou. Como a Jovem Pan mostrou, Lula também destacou feitos do governo, como os programas reciclados Minha Casa Minha Vida, Bolsa Família e Mais Médicos, e incorporou o slogan do ex-presidente Michel Temer: “o Brasil voltou”. “Antes de tudo, o Brasil voltou a ter governo. Um governo que se espelha no povo brasileiro e acorda cedo para trabalhar. O Brasil voltou para trabalhar naquilo que deveria ser a razão de ser de todos os governos: cuidar das pessoas”, disse o petista.

 

 

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Brasil derrete e dólar dispara quando Lula abre a boca, diz Flávio

Filho do ex-presidente Bolsonaro declara que ao final do mandato do petista o brasileiro...

Moraes ironiza e diz que é chamado de “único comunista” do STF

O ministro Alexandre de Moraes brincou com a alcunha de “comunista”, muitas vezes dirigida...

Análise de Sistemas está entre as profissões com futuro garantido

A carreira de especialista em Análise de Sistemas está entre as mais promissoras do...

TCU aprova contas do governo em 2023, mas aponta distorções de R$ 20 bi

A auditoria apurou, ainda, R$ 114,6 bilhões em limitações de escopo no ativo total,...

Mais para você