InícioManifestação de sequelas tardias ainda são marcas da COVID

Manifestação de sequelas tardias ainda são marcas da COVID

A pandemia da COVID-19 no Brasil completa oficialmente 2 anos em março. Desde o primeiro caso até hoje mais de 1,6 milhão de pessoas foram infectadas pelo vírus. Mesmo não necessitando de internação, muitos quadros que, inicialmente mostraram-se brandos e posteriormente foram notificados como curados, vêm apresentando sequelas tardias como por exemplo função pulmonar prejudicada, fadiga, fraqueza muscular, limitação da mobilidade e da capacidade de realizar atividades diárias, alterações cognitivas, desordens mentais e psicológicas. 

Mais da metade dos 236 milhões de pessoas diagnosticadas com Covid-19 em todo o mundo desde dezembro de 2019 deverão ter sintomas pós-Covid — até seis meses após a recuperação, de acordo com pesquisadores da Penn State College of Medicine, nos Estados Unidos. A pesquisa foi publicada no periódico “JAMA”. 

Segundo a pesquisa, um em cada cinco pacientes que tiveram a covid-19, experimentou a diminuição na mobilidade, e mais da metade relatou fadiga e dor. 

Desta forma, a fim de serem evitadas surpresas desagradáveis, faz-se necessária uma avaliação médica para verificar o estado de saúde do paciente. No caso de ser identificada alguma sequela, vale lançar mão do tratamento fisioterapêutico para verificar qual o nível de atividade funcional o corpo dele se encontra a fim de que esse paciente seja submetido a um programa de reabilitação. 

Nesses casos, a fisioterapia vai proporcionar a reabilitação para a retomada do condicionamento aeróbico e musculoesquelético, contribuindo na recuperação da força muscular, do condicionamento cardiovascular, da força muscular inspiratória e expiratória, melhorando a sensação de dispneia e a efetividade da tosse, a independência para realizar as atividades de rotina e o retorno às atividades sociais e laborais. 

 Por | Dra. Aline Mendonça – Fisioterapeuta

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Brasileiros preferem Michelle a Janja, diz Paraná Pesquisas

Dos entrevistados, 43% dizem gostar mais da ex-primeira-dama do que da atual; 16% não...

Exclusivo: prima de cantora famosa estará em game show da Record

As gravações do novo game show da Record, o Acerte ou Caia, que será...

Entidade israelista no Brasil critica Lula: “Michel ficou para trás”

Instituições e movimentos israelitas no Brasil divulgaram notas em que lamentam a morte do...

Mais para você