InícioNotíciasPolíticaMauro Cid foi ao STF para tratar sobre delação premiada

Mauro Cid foi ao STF para tratar sobre delação premiada

Um dia antes da Polícia Federal (PF) confirmar ter fechado acordo de delação premiada oferecido pela defesa do Mauro Cid, o ex-ajudante de ordens do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) foi ao Supremo Tribunal Federal (STF) falar sobre o desejo de colaborar.

O encontro de quarta-feira (6/9) aconteceu no gabinete do ministro Alexandre Moraes, em Brasília. Cid e seu advogado, Cezar Bitencourt participaram de uma audiência com um dos juízes do gabinete. A informação foi divulgada pelo G1 e confirmada pelo Metrópoles nesta quinta-feira (7/9).

O militar é investigado em uma série de operações, entre as quais, a que apura a venda ilegal de joias e outros objetos do acervo da Presidência da República durante a gestão do ex-presidente.

A expectativa de que Cid faça uma delação se intensificou após o advogado Cezar Roberto Bitencourt assumir a defesa do militar, em agosto.

Agora, após a confirmação da PF, cabem ao Ministério Público Federal (MPF) e ao Supremo Tribunal Federal (STF) darem o aval e analisar as condições para que o acordo seja firmado.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Prefeitura de Teixeira de Freitas descumpre contrato para cirurgias ortopédicas e provoca desassistência

A Prefeitura de Teixeira de Freitas tem descumprido o contrato assinado com a Secretaria...

Brasileiros preferem Michelle a Janja, diz Paraná Pesquisas

Dos entrevistados, 43% dizem gostar mais da ex-primeira-dama do que da atual; 16% não...

Exclusivo: prima de cantora famosa estará em game show da Record

As gravações do novo game show da Record, o Acerte ou Caia, que será...

Entidade israelista no Brasil critica Lula: “Michel ficou para trás”

Instituições e movimentos israelitas no Brasil divulgaram notas em que lamentam a morte do...

Mais para você