InícioEditorialPolítica NacionalMDB vai à Justiça contra o PT por propaganda contra Nunes

MDB vai à Justiça contra o PT por propaganda contra Nunes

Ação do diretório municipal emedebista pede recolhimento de folhetos que criticavam o prefeito de São Paulo e multa contra diretório petista

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes Reprodução/Instagram – 15.dez.2022

PODER360 31.mai.2024 (sexta-feira) – 18h20

O diretório municipal do MDB (Movimento Democrático Brasileiro) apresentou uma denúncia à Justiça Eleitoral contra o PT (Partido dos Trabalhadores) por propaganda antecipada contra o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB). O processo foi instaurado na 2ª Zona Eleitoral de São Paulo na noite dessa 5ª feira (30.mai.2024).

A representação do MDB no TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) diz que o jornal do PT manipulou informações veiculadas pela imprensa, e por meio disso, teria fabricado “fake news” contra Nunes. O conteúdo foi distribuído em um jornal do partido.

O partido de Nunes pediu a concessão de tutela provisória de urgência (liminar) para que o PT cesse a divulgação do folheto, sob pena de multa diária e a busca e apreensão dos folhetos na sede da sigla.

Solicitou, ainda, a aplicação de uma multa por propaganda eleitoral antecipada, no limite máximo previsto.

A Lei das Eleições impõe que, em caso de campanha antecipada, o candidato e os responsáveis pela divulgação paguem de R$ 5.000 a R$ 25.000. O valor pode ser equivalente ao custo da propaganda, se este for maior que R$ 25.000.

Em nota, o diretório municipal do PT afirmou que “todos os procedimentos de pré-campanha adotados pelo PT estão em conformidade com a legislação eleitoral, e até o momento, o Partido não foi notificado pela Justiça Eleitoral”.

Na cidade de São Paulo, o PT apoia o candidato Guilherme Boulos (PSOL-SP).

Eleições em SP Os pré-candidatos à Prefeitura de São Paulo estão tecnicamente empatadas, segundo uma pesquisa Datafolha divulgada na 4ª feira (29.mar.2024). Segundo o levantamento, o deputado federal Guilherme Boulos (Psol-SP) conta com 24% das intenções de voto, ante 23% do atual prefeito da capital paulista, Ricardo Nunes (MDB).

As porcentagens dizem respeito a um cenário que considera a candidatura do apresentador José Luiz Datena (PSDB) (8% dos votos), cotado para compor a chapa da deputada federal Tabata Amaral (PSB-SP) (8%), e do deputado federal Kim Kataguiri (União Brasil-SP) (4%), ainda incerto sobre o apoio do partido à sua candidatura. Também foi a 1ª vez que o Datafolha incluiu o nome do coach Pablo Marçal (PRTB) na disputa. Ele pontua com 7% dos votos.

A pesquisa foi realizada pelo Datafolha de 27 a 28 de maio de 2024. Foram entrevistados 1.092 eleitores em São Paulo. O intervalo de confiança é de 95%. A margem de erro é de aproximadamente 3 p.p (pontos percentuais). O levantamento está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o nº SP-08145/2024.

Eis os resultados obtidos pela pesquisa em um 1º cenário estimulado (quando os nomes dos candidatos são apresentados): 

Guilherme Boulos (Psol) – 24%; Ricardo Nunes (MDB) – 23%; José Luiz Datena (PSDB) – 8%; Tabata Amaral (PSB) – 8%; Pablo Marçal (PRTB) – 7%; Maria Helena (Novo) – 4%; Kim Kataguiri (União Brasil) – 4%;

João Pimenta (PCO) – 1%; Altino (PSTU) – 1%; Fernando Fantauzzi (DC) – 1%; Ricardo Senese (UP) – 1%;

brancos/nulos/nenhum – 13%;

não sabem – 5%.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Estudo identifica proteína que ajuda covid a fugir do sistema imune

Descoberta de novo mecanismo de evasão viral representa avanço na imunoterapia e perspectiva promissora...

Quem é Luciane, mãe de Matteus, também envolvida em polêmica de cotas

O ex-BBB Matteus Amaral virou assunto nesta sexta-feira (14/6) devido a fraude de cotas...

Movimento no União Brasil pode barrar candidatura de Elmar à Câmara

Parece que, além da resistência do governo em relação ao nome de Elmar Nascimento...

RECORDAR ENSINA – Os Estados Unidos não são um país sério

19:22 A comissão que investiga os atentados terroristas de 11 de setembro de 2001...

Mais para você