InícioNotíciasPolíticaMenor chamou a PM após ficar com corpos da família em casa...

Menor chamou a PM após ficar com corpos da família em casa por 3 dias

São Paulo — O adolescente de 16 anos suspeito de ter matado a tiros e facadas os pais adotivos e a irmã dentro de casa, na Vila Jaguara, zona oeste de São Paulo, ligou para a Polícia Militar para comunicar e confessar o crime. Segundo a polícia, ele ficou em casa com os corpos de sexta-feira (17/5), quando o crime teria sido cometido, até a madrugada desta segunda-feira (20/5).

O pai do adolescente tinha 57 anos, a mãe, 50, e a irmã, 16. De acordo com os policiais militares que foram até a casa do menor atender a ocorrência, ele admitiu ter cometido o crime na noite de sexta-feira, após “um desentendimento”.

adolescente-mata-pais

Policiais na frente da casa de adolescente que confessou ter matado a tiros os pais adotivos e a irmã em SP Reprodução/TV Globo

adolescente-mata-pais5

Viaturas da GCM de Jundiaí nas proximidades da casa de adolescente que confessou ter matado a tiros os pais adotivos e a irmã em SP Reprodução/TV Globo

adolescente-mata-pais2

Carro em frente à casa de adolescente que confessou ter matado a tiros os pais adotivos e a irmã em SP Reprodução/TV Globo

adolescente-mata-pais3

Viaturas da GCM de Jundiaí nas proximidades da casa de adolescente que confessou ter matado a tiros os pais adotivos e a irmã em SP Reprodução/TV Globo

87-dp-adolescente-mata-pais

Fachada do 87º DP (Vila Pereira Barreto), que investiga caso de adolescente que matou pais e irmã a tiros em SP Reprodução/TV Globo

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o adolescente confessou ter usado a arma do pai, que era guarda civil municipal em Jundiaí, no interior do Estado. Viaturas da GCM da cidade se deslocaram para o local do crime durante a madrugada.

Os corpos dos pais do adolescente foram encontrados no andar térreo da casa e a irmã, no andar superior.

Durante a madrugada, o menor foi levado para o 87º DP para ser ouvido pela equipe de investigação. Em seguida, seria encaminhado à Fundação Casa.

Por volta de 6h, peritos da Polícia Técnico-Científica estavam no local. Nesse horário, os corpos das vítimas permaneciam no imóvel. A arma e o celular do menor foram apreendidos.

O caso foi registrado como ato infracional de homicídio – feminicídio; ato infracional de posse ou porte ilegal de arma de fogo e ato infracional – vilipêndio a cadáver.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Trens de carga China-Europa registram volume recorde em maio

Viagens aumentaram 14% em termos anuais, para 1.724, e volume de mercadorias cresceu 13% ...

Gretchen se pronuncia após morte de Chrystian, seu 1º marido; veja

Chrystian morreu na última quarta-feira (20/6) e, desde então, a expectativa sobre um pronunciamento...

Senado aprova idade máxima para veículos de autoescolas

Motocicletas podem ter até 8 anos, automóveis até 12 anos e transportes de carga...

Polêmica: saiba como funcionam as leis de aborto mundo afora

O debate relativo ao aborto no Brasil ganhou atenção de toda a sociedade civil...

Mais para você