InícioEditorialMenu de travesseiros e outros luxos: como é o Copacabana Palace por...

Menu de travesseiros e outros luxos: como é o Copacabana Palace por dentro

Passar pela porta giratória e pisar no Copacabana Palace é se perder a todo instante em pensamentos como: Meu Deus, Lady Di já nadou nessa piscina. Será que quando Santos Dumont se hospedou aqui para tratar uma depressão ele ficou nesse andar? Fernanda Montenegro fez sua primeira peça nesse palco. Em qual janela Narcisa gritou chamando Dua Lipa? Pelo amor de Deus, Madonna, Édith Piaf, Frank Sinatra, Walt Disney e Albert Einstein já estiveram aqui! Entrar no universo do Copa, como é chamado, é voltar no tempo, como se fosse possível se teletransportar e reviver um século de histórias – afinal, em agosto, um dos hotéis mais famosos do país completa 100 anos. Que o Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, é luxuoso e point de famosos do mundo inteiro, todo mundo já sabe, mas quanto custa o sonho de viver essa experiência que dá direito até a acessar um menu de travesseiros (contamos essa história melhor mais abaixo)? Vamos direto ao ponto. Para conhecer o Copa, não é necessário ser hóspede, já que alguns serviços estão disponíveis, mediante agendamento, para o público externo. Quem não quiser pagar uma diária pode, pode exemplo, desfrutar do café da manhã de lá, pagando R$ 185 e uma taxa de 10% por pessoa. A reserva é feita com até três meses de antecedência. No buffet, quando nossa equipe esteve no local, havia uma mesa com itens frios, como queijos, itens de charcutaria, hadock defumado, queijos cremosos, creme azedo, iogurte natural e desnatado, salada de frutas, geléias, mel e salada; uma mesa com pratos quentes como ovos, salsicha, bacon, mingau, panqueca, waffle e pão de queijo, além de outra mesa dedicada às frutas. A grande estrela do buffet é a sessão de padaria, com todos os itens fabricados no próprio hotel. Entre as opções, existem doces e salgados, dos mais tradicionais, como bolos, croissants, sanduíches recheados e cookies, até os mais rebuscados, como cruffin de capuccino, tulipa de amaretto, chausson de maçã e cubik de avelã. Existem ainda diversas opções veganas e sem glúten, e as bebidas são disponibilizadas em um cardápio com cafés, sucos e chocolate-quente. Ainda no ramo da gastronomia, o Copa oferece três restaurantes abertos ao público: o Pérgula, que tem um ambiente mais despojado, à beira da piscina, e que serve pratos contemporâneos; o Mee, que é um restaurante pan-asiático sofisticado com uma estrela Michelan (uma espécie de Oscar da gastaronomia), com opções a la carte da cozinha tailandesa, coreana, vietnamita, chinesa e japonesa, ou o menu desgustação, que varia de R$ 480 + 10% taxa de serviço por pessoa a R$ 1950 + 10% taxa de serviço por pessoa, a depender da quantidade de pratos e da inclusão de bebidas alcoólicas; e o Cipriani, que também possui uma estrela Michelin e trabalha exclusivamente com menu degustação, sendo possível escolher opção vegana. Os preços variam de R$ 495 a R$ 8 mil, a depender do formato e das bebidas servidas. Outras duas opções cara curtir a gastronomia do local é agendando para desfrutar do buffet de feijoada, que é servido aos sábados por R$ 325 + 10% de taxas, por pessoa, ou o brunch, servidos aos domingos, que sai pro R$ 425 + 10% de taxas, por pessoa. Outro serviço aberto ao público é o SPA, com massagem, estética e salão de beleza. A massagem mais simples custa R$ 225 e dura 30 minutos, enquanto a mais cara sai por R$ 980, com 170 minutos divididos entre banho aromático de imersão, com infusão de óleos essenciais personalizados, massagem corporal relaxante de 50 minutos e tratamento facial completo, incluindo máscara de argila. É necessário pagar 10% de taxa de serviço. E para os hóspedes? Além da parte gastronômica e de spa, há acesso á área da piscina semiolímpica – onde, por sinal, a maior nadadora do país, Maria Lenk, chegou a dar aulas de natação – e, claro, às suítes. Como em qualquer hotel, o Copa trabalha com diárias de diferentes valores para cada época do ano, mas os valores são a partir de R$ 3 mil, no quarto mais simples e sem vista para o mar, chegando a R$ 30 mil para a suíte mais completa, com direito a serviço de mordomo. Em épocas festivas, como réveillon, só é permitido fazer reserva a partir de quatro diárias. Para chegar ao local no dia 29 de dezembro e permanecer até o dia 2 de janeiro, o valor mais em conta apenas para hospedagem é de R$ R$ 9.395 por três noites, chegando a R$ 92.959 para quem optar por um quarto mais luxuoso. ITENS EXCLUSIVOS Tudo no Copa impressiona. Os elevadores cheios de glamour, os detalhes, como o banheiro todo feito em mármore – com direito a todos os itens de higiene da Granado -, as havaianas dadas como mimo para hóspedes. O destaque principal, no entanto, vai para o pitoresco menu de travesseiros disponível no quarto. Nele, é possível escolher entre travesseiro relaxante com aroma de camomila para quem sofre de insônia; tecnológico aloe vera regenerado feito com babosa, que contém ação antioxidante; com íons de prata, ideal para evitar fungos e ácaros; tecnológico de carvão ativado de coco, para ajudar a ativar a circulação sanguínea e reduzir raios eletromagnéticos de celulares e outros equipamentos eletrônicos; viscoelástico cervical; de poliéster; de látex; e infantis.Há ainda travesseiro especial para gestantes. Por falar em exclusividade, nem adianta se apaixonar pela cama do Copacabana Palace (e acredite, ela é extremamente macia e confortável). O colchão é ortopédico e protejado para ‘abraçar’ o hóspede, e também foi desenvolvido exclusivamente para o hotel, bem como os travesseiros e todo o jogo de cama, com peças de 1.000 fios, todas produzidas com exclusividade pela Trussardi. E cá estamos para matar a curiosidade: hotel de luxo que se preze tem aquele famoso “cheirinho de rico”, mas que cheiro é esse? Todo o hotel tem uma essência de capim-limão, que mescla frescor e sofisticação. O aroma foi desenvolvido exclusivamente para o Copa. Outra curiosidade é que o Copacabana Palace não tem uma suíte presencial como muitos pensam, mas um andar inteiro dedicado a quartos nesse estilo. É no sexto andar do prédio que ficam hospedados a maioria dos famosos. Ao todo, são sete suítes com vista para o mar, que dividem uma piscina semiexclusiva chamava de black pool, por ser revestida de granito preto, dando a impressão de que a água também é da mesma cor. Para ter acesso ao piso é preciso usar uma chave especial no elevador ou na escada, entregue ao hóspede durante o check-in. 100 anos do Copa terá ‘Show do Século’ Para celebrar seus 100 anos, o Copacaba Palace promoverá ações durante o ano inteiro. A mais aguardada delas é o Show do Século, evento que acontecerá no dia 26 de agosto e contará com a apresentação do DJ Alok, brasileiro mais aclamado do showbiz no Brasil e no mundo, que comemora seu aniversário e o centenário do hotel Copacabana Palace diante da maior plateia de sua carreira. O evento vai começar em grande estilo, na praia de Copacabana, em frente ao hotel, e será aberto ao público. A promessa é de muita música, visuais inéditos e uma iluminação inédita de luzes e lasers jamais vistas no Brasil. “A vida profissional sempre tem grandes acontecimentos que se tornam divisores de águas em nossas vidas. Este show certamente representará mais um na minha carreira. Comemorar o meu aniversário junto ao centenário do Copa, numa das praias mais famosas do mundo, me enche de orgulho e alegria! Eu e a equipe estamos 100% focados para que seja um show memorável e entre para a história da cidade! “, afirma Alok. O espetáculo também promete inovar ao inaugurar um tipo de palco inédito, em formato de pirâmide, com visão 360º, coberto com LEDs de altíssima definição. Outra novidade será o encontro de Alok com o samba carioca. Membros das 12 escolas de samba do grupo especial do Rio de Janeiro subirão ao palco para uma apresentação inédita, junto com o DJ, preparada especialmente para o evento. Segundo o gerente geral do Copacabana Palace, Ulisses Marreiros, o grandioso evento é uma forma de honrar o passado e inspirar o futuro da cidade como um dos maiores palcos de eventos do Brasil para o mundo. “Em 2023 o Copa completa 100 anos e não poderíamos estar mais felizes em coroar essa celebração com a realização do Show do Século. O hotel é um ícone do Rio de Janeiro e do Brasil e, para nós, é uma honra poder retribuir à cidade, cariocas e turistas com um show histórico. Esse evento representa a comemoração do passado lendário do Copa e também marca o início de um novo capítulo que estamos escrevendo!”, comemora Ulisses. Ao fim do show, Alok fará uma surpresa para os hóspedes do Copacabana Palace e comandará uma pool party no local. Menu especial dos 100 anos tem prato que foi servido para a Rainha Elizabeth O Copacabana Palace também vai usar a gastronomia para inovar e comemorar seu primeiro século em grande estilo. O restaurante Pérgula, que fica dentro do hotel, ganhou um novo menu exclusivo em homenagem ao centenário do empreendimento de luxo, que estará á disposição do público ao longo de todo o ano de 2023. O menu conta com seis pratos, entre entradas, principais e sobremesas, que homenageiam momentos importantes da história do hotel. “Nos propusemos a trazer aquilo que, há décadas, agrada o paladar não só do carioca, mas de todos os brasileiros. São receitas e ingredientes que marcaram momentos importantes do hotel e estão presentes em cardápios dos mais variados restaurantes tradicionais do país, mas sempre com o toque especial do Copa em cada um dos preparos”, revela o chef João Melo, à frente do restaurante. A entrada mais glamourosa é o “Langouste à la Thermidor” (R$ 460 + taxa – serve duas pessoas), uma lagosta assada e gratinada com queijo Gruyère, molho de natas, mostarda, conhaque e pimenta caiena, servido com salada de folhas verdes e palmito pupunha. O prato foi servido em 1959, em um banquete oferecido em homenagem ao então presidente Juscelino Kubitschek. A segunda entrada do cardápio é o “Crevettes cocktail” (R$ 125 + taxa), um preparo de camarões com molho cocktail, que era servido no Bife de Ouro, antigo restaurante do hotel. Entre os pratos principais, foram criados o “Chateaubriand” (R$ 400 + taxa – serve duas pessoas), outra receita clássica do Bife de Ouro, que leva filé mignon grelhado, batatas sautée e molho béarnaise, e o “Delice de sole à la Newburg” (R$160 + taxa), um linguado grelhado com legumes, molho de natas, bisque, especiarias e vinho branco. O prato foi servido no jantar em homenagem a rainha Elizabeth II e ao príncipe Philip, em 1968. As sobremesas escolhidas para compor o menu são o “Parfait glacê Japonnaise” (R$ 45 + taxa), um parfait de morango e pistache, recriação do doce servido no banquete em homenagem ao príncipe de Gales e ao príncipe George, em 1931, e o “Mousse au citron vert a la feuille de menthe” (R$ 45 + taxa), um mousse de limão tahiti e hortelã, sobremesa servida no jantar oferecido em 1990 pelo Sr. James B. Sherwood, proprietário da Orient-Express Hotels. 10 CURIOSIDADES DO COPACABANA PALACE 1) O Hotel Copacabana Palace nasceu de um desejo de explorar o potencial de uma área nova na cidade. Foi fundado em 1923, por Octávio Guinlepor sugestão do então presidente da repúblico à épca, Epitácio Pessoa. Na época, o bairro de Copacabana não era muito explorado e foi a partir da fundação do hotel que houve valorização e expansão dos arredores. Uma das exigências para sua construção foi a existência de um cassino associado ao hotel. Os jogos só foram suspensos em 1946, quando a prática foi proibida no país. 2) O teatro do Copacabana Palace, no qual Fernanda Montenegro estreou, sofreu um incêndio em 1953 e ficou fechado de 1994 até 2021, quando passou por grande reforma e foi reaberto. 3) Em 2012, o hotel reformou todos os seus quartos e incluiu acessibilidade. 4) Ao todo, o Copacabana Palace possui 13 salões, onde são realizados eventos dos mais variados tipos, como casamentos, bailes, premiações e shows. 5) Em 100 anos, o Copacabana Palace ficou fechado por apenas 132 dias, durante a pandemia da covid-19. 6) O Copa possui cerca de 550 funcionários. 7) Hoje, o Copa conta com um morador ilustre: o cantor Jorge Ben Jor. Ele se mudou para o hotel após colocar sua casa para reformar. O imóvel, no entanto, foi destruído por um temporal e ele segue até hoje no empreendimento de luxo, de onde não pretende sair. 8) Em homenagem aos 100 anos de fundação, o Copa vai estrear um novo hall da fama e vai instalar uma iluminação em LED, para poder mudar a cor do hotel em datas festivas. 9) A maioria dos hóspedes que busca o Copacabana Palace está de olho na experiência, e não em quanto vai gastar. Não à toa, é regra que em todo o ano, os primeiros quartos e serviços esgotados são sempre os mais caros. 10) Pouca gente sabe, mas entre as fichas de ex-funcionários do Copa está o cantor Orlando Silva, contratado pelo local como músico, em 1959.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Mulher é presa por atacar jovem com soda cáustica por ciúme

A Polícia Militar do Paraná prendeu a suspeita de atacar a jovem Isabelly Aparecida...

Magda é a 12ª chefe da Petrobras desde o 1º mandato de Lula

Em média, comandantes da maior estatal do Brasil têm se segurado no cargo por...

As duas prefeituras de capital que o PT espera vencer em outubro

O PT espera vencer em duas capitais este ano, o que representaria um crescimento...

Inspetor da Civil pesquisou nome do pai de Marielle Franco, um mês antes de crime

Um relatório da Polícia Federal divulgado nesta sexta-feira (24) revelou novas informações sobre as...

Mais para você