InícioEditorialPolítica NacionalMoraes manda soltar Mauro Cid e homologa acordo de delação premiada

Moraes manda soltar Mauro Cid e homologa acordo de delação premiada

Ex-ajudante de Bolsonaro usará tornozeleira eletrônica e não poderá ter contato com outros investigados, como o ex-presidente Jair Bolsonaro

TON MOLINA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Nas CPIs do Congresso e da Câmara do DF, Mauro Cid optou por ficar em silêncio

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes concedeu liberdade provisória ao tenente-coronel Mauro Cid neste sábado, 9. Moraes também homologou o pedido de acordo de delação premiada apresentado pelo ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro (PL). Solto depois de quatro meses, o militar deverá usar tornozeleira eletrônica, não poderá ter contato com outros investigados – como o ex-presidente –, deverá se afastar de suas funções no Exército e permanecer em casa durante as noites e finais de semana, determinou o ministro. A defesa de Cid apresentou os pedidos de acordo de colaboração e de liberdade provisória na última quarta-feira, 6. A Polícia Federal já havia informado que aceitou a delação. Mauro Cid foi preso por suposta falsificação de cartões de vacinação da família Bolsonaro, mas também é investigado por suspeita de ter participado de esquema de venda de joias recebidas pelo ex-presidente e de tratativas sobre simulação de invasão a urnas, além de estimular atos antidemocráticos como os ataques de 8 de Janeiro. Nas últimas semanas, o ex-ajudante de ordens prestou longos depoimentos à PF. Seu advogado, Cezar Bitencourt, chegou a dizer que Cid estaria disposto a revelar supostos crimes de Bolsonaro.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Campos Neto diz que mudança na meta afeta política monetária

“Quando tem problemas de credibilidade em algum dos lados, afeta o outro”, afirma em...

Militantes do MST invadem a sede do Incra em Mato Grosso do Sul e pressionam governo

Foto: Divulgação/MST Invasão do MST a prédio do Incra, em Campo Grande, capital...

Deniziane se manifesta após encontro com Matteus e Isabelle

Deniziane quebrou o silêncio e decidiu se manifestar sobre a relação de Matteus...

Deputada federal denuncia câmeras escondidas em ap alugado em Brasília

A deputada federal Dayany Bittencourt (União Brasil-CE) identificou câmeras de segurança escondidas no apartamento...

Mais para você