Assassinato de dois índios leva comunidade indígena a fechar rodovia em Cabrália

Índios pataxós interditam a BR-367, em Coroa Vermelha, município de Santa Cruz Cabrália, desde as 7h30 da manhã desta segunda-feira (23).

Em entrevista, o secretário municipal de Assuntos Indígenas, Zeca Pataxó, informou que o protesto é uma forma de chamar a atenção das autoridades para os casos de violência que vêm ocorrendo naquela região.

A situação se agravou no fim de semana, com o assassinato de dois índios da Aldeia Coroa Vermelha.
Na noite de domingo (22), bandidos atiraram em um grupo de pessoas que estava em uma calçada no bairro Carajá. O índio Samuel David Carvalho de Oliveira, de quatro anos, acabou morrendo. Outras duas pessoas ficaram feridas.

Na mesma noite, outro índio, de 18 anos, foi morto durante um baile funk em uma pousada, em Nova Cabrália. O corpo foi encontrado somente pela manhã. Ele foi espancado e apedrejado.

Ainda segundo Zeca Pataxó, a comunidade indígena diz que não tem hora para liberar a rodovia. Uma enorme fila de veículos já se forma na orla. A polícia investiga os motivos dos crimes.

Fonte | Radar64
Foto: Reprodução / Redes sociais

Deixe seu comentário