Emendas parlamentares ao orçamento 2017 beneficiam a Educação na Bahia com 478 milhões de reais

A Educação na Bahia vai receber recursos da ordem de R$ 478 milhões de emendas da bancada de parlamentares da Bahia no Congresso Nacional apresentadas ontem (20),para o Orçamento de 2017 da União. Dentre as emendas, cinco foram propostas pela bancada e três individuais apresentadas pelo senador Roberto Muniz (PP-BA), em comum acordo com o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, que é senador licenciado.

Segundo Pinheiro, as emendas visam ampliar a qualidade da educação no estado, em diversas áreas, a exemplo do fomento à estrutural de ‘startups’ e empresas juniores, com ênfase em tecnologia ao ensino estadual, com recursos previstos de R$ 750 mil. “Também apresentamos uma proposta para apoiar a implantação de plataforma de catálogos e produtos audiovisuais a ser executada pela Secretaria da Educação em parceria com o Senai Cimatec”, destacou.

itamaraju-in-crime-2016-0111

Outra emenda individual vai investir aproximadamente R$ 1,5 milhão na aquisição de transporte escolar principalmente em municípios da zona rural e atendimento a estudantes com deficiência em ônibus com acessibilidade.

Entre as emendas da bancada, destaque para o investimento previsto da ordem de R$ 100 milhões para a Educação Profissional.

itamaraju-in-cfdfds

Outras três emendas totalizam R$ 325 milhões para investimentos nas universidades e institutos federais localizados na Bahia. Para a área de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e Inovação do Senai/Cimatec, uma outra emenda destinará mais R$ 50 milhões.

Estes valores foram sugeridos pela bancada, mas podem sofrer alterações durante tramitação na Comissão Mista de Orçamento.

Por | Sec Educação

Deixe seu comentário