Eunápolis: Assaltante é preso depois de manter taxista e passageiros reféns

Usando um pedaço de madeira enrolado com borracha para simular uma arma de fogo, Antônio José de Oliveira Filho, 27 anos, roubou um táxi, na noite desta quinta-feira (26), em Eunápolis. Mas o bandido, que manteve refém o motorista e dois passageiros, dentre eles uma menina de oito anos, acabou preso pela polícia local. Foi o segundo táxi roubado na cidade em menos de 24 horas. A população tem reclamado de uma onda de assaltos e outros delitos.
 
A ação do marginal
 
O taxista de 53 anos, que não quis ser identificado, afirmou que se preparava para levar um homem e a neta até a cidade de Porto Seguro. Ainda de acordo com o profissional, o bandido se aproximou do veículo no ponto que fica perto da Justiça Federal e perguntou se também poderia ser levado.
Na BR-367, proximidades de Vera Cruz, o ladrão anunciou o assalto, assumiu a direção do táxi e colocou o passageiro no porta-malas. Quando transitava por uma estrada de terra, um dos pneus do veículo estourou e Antônio foi obrigado a parar para trocá-lo. O passageiro aproveitou para fugir do porta-malas. 
taxi_p
 
O marginal resolveu deixar a criança e o taxista às margens da rodovia e voltar em direção à Eunápolis. Depois de receber uma denúncia anônima, a polícia montou barreira logo após o terminal rodoviário e conseguiu interceptar o automóvel.
 
Antônio foi autuado em flagrante pelo delegado Rodolfo Faro por roubo qualificado – já que restringiu a liberdade da vítima.
 
O assaltante afirmou que mora no bairro Juca Rosa e que já tinha passagem por furto. Sem querer dar mais em detalhes, ele afirmou que foi obrigado a roubar o carro por uma quadrilha que estaria ameaçando a sua família.
 
Por / Radar 64

Deixe seu comentário