Guarani: Manifestantes bloqueiam rodovia solicitando policiamento no distrito

Dezenas de populares se reuniram e decidiram fechar a BA-489, ateando fogo em pedaços de madeira e pneus bloqueando a passagem de veículos que trafegavam pelo local. O protesto aconteceu durante a tarde desta segunda-feira (20), no do Trevo do distrito Guarani, no percurso que liga os município de Itamaraju e Prado.

guarani1

De acordo com os manifestantes o protesto foi realizado para cobrar das autoridades providências em relação ao policiamento, pois o distrito possui um posto da polícia militar, mas que nenhum oficial atua na localidade diariamente.

Constantes assaltos são realizados no distrito. O manifesto desta tarde foi motivado por amigos e conhecidos de mais uma vítima de assalto ocorrido minutos antes. Na ação criminosa contra uma comercio, os bandidos armados anunciaram o assalto e levaram uma quantia não revelada pelos proprietários.

guarani5

O bloqueio acabou promovendo um engarrafamento. Os manifestantes atearam fogo em pneus e bloquearam a passagem de veículos por mais pouco mais de 1 hora.

O vereador e presidente da câmara municipal de Prado, Alfredo Gothier “o Alfredinho”, esteve no local em formato solidário e para acalmar os ânimos da população, garantindo que o manifesto fosse de forma pacífica.

guarani4 

Em entrevista pudemos falar com um dos líderes do manifesto, conhecido popularmente por Nilo, informou que ao objetivo do movimento é sensibilizar as autoridades sobre a violência do distrito.

“Estamos aqui apenas para cobrar o nossos direitos, a nossa comunidade não pode ficar mais assim, as autoridades tem que tomar providência. Esse mês somasse quatro estabelecimentos assaltados e os assaltantes saem impunes e prontos para arquitetar mais uma ação criminosa. Não podemos deixar que isso ocorra.” desabafou Nilo.

guarani2

Ainda de acordo com o líder do movimento Nilo, em contato com o comandante da 43ª CIPM, e através das negociações  o mesmo garantiu enviar soldados para ocupar o posto na próxima quarta-feira (29).

A polícia militar da 43ª CIPM, esteve no local e teve dificuldade em conter os manifestantes que desejavam bloquear a passagem por maior tempo possível.  

guarani3

O Bombeiro Civil de Itamaraju também esteve no local  contendo o fogo e garantindo a segurança das pessoas no momento de apagar as chamas.

Deixe seu comentário