ITAMARAJU | Ex-diretor de obras denuncia prefeito e vereador dispara: “Se for prender a quadrilha tem que arrumar vários ônibus”

[dropcap]E[/dropcap]m mais uma sessão ordinária os vereadores do município de Itamaraju estiveram reunidos, no período noturno desta terça-feira (06), para a aprovação de indicações enviadas a casa por vários edis.

Com o número legal de 11 vereadores a sessão foi presidida pelo parlamentar Chico do Hotel, que solicitou a lista de presença, seguida com a leitura da ata de sessão anterior e ordem do dia.

itamaraju-in-evere

Em grande expediente, a palavra foi franqueada aos parlamentares e a pérola da noite foi o discurso do vereador Adriano Pinaffo, que relatou possuir um dossiê oferecido pelo ex-diretor de obras do município o popular “Neto Milionário”, com número superior a 600 fotos e arquivos relatando desvios do dinheiro público. Causando um grande prejuízo para a comunidade, onde ruas estão tomadas pelo lixo, funcionários dispensados e pouco modificou nos valores da folha de pagamento, mas cerca de 30% da folha foi despedida em contratos. Empresas que prestavam serviços, mas utilizavam de veículos e funcionários numa forma de desvio, sem contar que lâmpadas e reparos não são realizados, mesmo recebendo altíssimos valores. Alegou ainda que uma obra licitada chegou a utilizar máquinas da prefeitura, afirmou o vereador.

O vereador Antônio Portugal, em formato irônico relatou que uma CPI deve ser aprovada para caçar o prefeito Pedro da Campineira no exercício de 2017. Pois todas as alegações foram levantadas e todos os parlamentares foram contra, no início de 2016.neto-pedro

O parlamentar Mazuk Ribeiro, também discursou e falou que mais de R$ 2 milhões de reais foi repatriado e 30% dos funcionários foram demitidos , no entanto os serviços básico de coleta de lixo, iluminação pública e outros não estão funcionancionando.

Na sequência o vereador Rubens do Hospital também disparou e acusou, falando que na prefeitura foi instalada uma quadrilha.

Os vereadores alegam que as contas do prefeito Pedro da Campineira possuem enormes indícios da prática criminosa e que devem ser apuradas.

O parlamentar Paulo Vitor chamou o prefeito de irresponsável, mas afirmou que as denúncias são gravíssimas e se caso houver o prosseguimento, serão necessários vários ônibus para prender os criminosos instalados na prefeitura.

Em formato unânime todos os vereadores solicitaram a presença do diretor de obras, na próxima sessão para apresentar num data show os vídeos com a confirmação dos crimes e nomes citados como envolvidos nas práticas.

Valzão relatou que muitas das denúncias apontadas pelo ex-diretor Neto, passaram pelo olhar de todos, mas somente agora no final que os escândalos vem à tona. Agora resta ser justo com Itamaraju e medidas devem ser tomadas, na votação das contas do gestor.

Chico do Hotel garantiu que votará as contas e fará justiça com o povo de Itamaraju, onde permitirá que a câmara faça seu papel e assim evite que crimes e desvios tornem a ocorrer. O ex-diretor  será convocado a tribuna livre e assim tornar todo o processo oficial, destinando aos órgãos responsáveis alegações dos crimes.

Na sequência houve a aprovação unanime da indicação proposta pelo vereador Paulo Vitor, que garante o título de cidadão itamarajuense ao parlamentar Valzão.

Outro projeto aprovado por todos, foi o aumento salarial de 15% para os funcionários da câmara municipal de vereadores.

A próxima sessão que garante ser explosiva devido à convocação do ex-diretor de obras que está marcada para acontecer nesta terça-feira (13).

Deixe seu comentário