Itamaraju: Polícia Militar e Ministério Público apresentam proposta de vídeo-monitoramento

Na tarde da última quarta-feira (22), aconteceu, no Quartel da 43ª CIPM, a primeira reunião voltada para implementação do sistema de vídeo-monitoramento na cidade de Itamaraju. O projeto é resultado de uma preocupação do Ministério Público e da Polícia Militar com os índices de violência e criminalidade na cidade, algo que foi sugerido em audiência pública sobre a temática, realizada no mês de abril deste ano, e que contou com a aprovação de representantes da comunidade local.

 Itamaraju - in - pm - 2013-0522-1

A reunião contou com a participação do Major Leão, Comandante da 43ª CIPM, dos Promotores de Justiça, Dr. Augusto Joaquim e Dr. João Batista Madeira, do Dr. Luciano Porto, representando o Prefeito Pedro da Campineira, dos vereadores “Léo Lopes” e Antônio Portugal, bem como de representantes da CDL, do Sindcomércio e de agências bancárias locais, que assistiram à uma exposição do representante de uma empresa do ramo de telefonia e videomonitoramento, comprovando a eficiência dos equipamentos de última geração, usados em cidades nas quais a experiência com utilização de câmeras na atividade de segurança pública vem apresentado bons resultados na prevenção da criminalidade.

O Tenente Sidney Oliveira durante a reunião enfatizou que em razão da redução do efetivo da unidade, será necessária na efetivação do projeto uma contrapartida do Executivo Municipal, cedendo agentes públicos, preferencialmente guardas municipais, rigorosamente selecionados pela PM e treinados pela empresa contratada, para operarem as câmeras que terão sua plataforma instalada na Central de Operações da 43ª CIPM, onde trocarão informações com policiais militares de serviço, permitindo a otimização do policiamento com a redução do tempo/resposta na prevenção e repressão de crimes.

Itamaraju - in - pm - 2013-0522-2

Experimentalmente, nos próximos dias, atendendo a um pleito do Dr. Augusto, a empresa estará instalando a primeira câmera na Praça Castelo Branco, a fim de prevenir praticas delituosas, principalmente no período noturno, na região do famigerado “Camelódromo”. As demais câmeras, que são capazes com o seu “zoom” de identificar a placa de um veículo a quilômetros de distância, em havendo a aquisição, serão, inicialmente, instaladas nas entradas da cidade.

De acordo com o Dr. Augusto existem recursos provenientes de transações penais que poderão ser utilizados na aquisição das primeiras câmeras. No entanto, a implantação e ampliação do sistema demanda um alto custo que necessita do estabelecimento de parcerias entre o poder publico e a iniciativa privada, a exemplo do que ocorre em outros municípios, uma vez que segurança pública é uma responsabilidade de todos. Nesse sentido, tanto o Secretário de Governo da PMI, Luciano Porto, quanto os representantes do legislativo municipal e do comércio local manifestaram apoio ao projeto. 

A empresa através de pesquisas, onde conseguiu mostrar uma tecnologia que atende a necessidade e com um belo custo de mercado foi a Mobille Celulares, que esta localizada a Avenida Brasil, estando presente o proprietário Warley.

Por | ASCOM 43ª CIPM

Deixe seu comentário