Sindicato dos Bancários faz protesto em Porto Seguro e retarda expediente no Itaú

Com o tema “Juntos conquistamos mais”, o Sindicato dos Bancários do Extremo Sul da Bahia (Sindibancários) deu continuidade na última terça-feira (19) em Porto Seguro à Campanha Nacional dos Bancários 2014, com protestos em frente às agências do Banco Itaú e da Caixa Econômica Federal. Militantes do sindicato distribuíram bolos e refrigerantes aos clientes e denunciaram as metas abusivas e o mal atendimento nos bancos. “A culpa por esse atendimento não é dos bancários, mas dos bancos”, afirmou Carlos Eduardo Coimbra, coordenador geral do Sindibancários.

 itamaraju - banco1

A cartilha da Campanha Nacional dos Bancários, também distribuída à população, orienta os clientes sobre o comportamento em relação aos abusos nos bancos. “Se não lutarmos, vamos ficar à mercê dos bancos “, ressaltou Moisés Vital, que mencionou os prejuízos causados aos usuários dos serviços bancários. As críticas às práticas abusivas nos bancos foram feitas também pelos diretores do sindicato Sormane Sulz e Thomaz Edson.

A abertura da agência do Itaú foi retardada em uma hora, com o atendimento ao público começando às 11h. De acordo com balanço, o banco teve no Brasil um lucro em torno de R$ 9,5 bilhões no primeiro semestre de 2014. Já o Banco do Brasil lucrou no período R$ 3,506 bilhões.

As mobilizações em torno da Campanha Nacional já haviam acontecido em Teixeira de Freitas e Eunápolis. Na próxima segunda-feira, o sindicato fará atos em frente ao Bradesco e à Caixa, em Itamaraju.

 itamaraju - banco2

Entre outros benefícios, os bancários reivindicam reajuste salarial de 12,5%, melhores condições de trabalho e o fim das metas abusivas e do assédio moral. A pauta de reivindicações já foi entregue aos bancos, que poderão se pronunciar nos próximos dias.

 

Fonte: Sindibancários Extremo Sul-Contraf-CUT

Deixe seu comentário