InícioEditorialPolítica NacionalOperação da PM de SP deixa ao menos 3 mortos na Baixada...

Operação da PM de SP deixa ao menos 3 mortos na Baixada Santista

Oficial de 33 anos foi atingido de raspão no braço; ação foi conduzida 1 dia depois da morte de policial da Rota

Operação no litoral de SP deixou mais um policial baleado no sábado (3.fev); na imagem, uma viatura da Polícia Militar de São Paulo Rovena Rosa/Agência Brasil

PODER360 4.fev.2024 (domingo) – 15h25

Uma operação da Polícia Militar de São Paulo deixou ao menos 3 mortos na Baixada Santista no sábado (3.fev.2024), um dia depois da morte do PM da Rota Samuel Wesley Cosmo. Um oficial, de 33 anos, foi atingido de raspão no braço em uma das ocorrências no bairro de São Jorge, em Santos, mas passou por atendimento médico na Santa Casa da cidade e não teve o estado de saúde divulgado. 

Em nota (leia a íntegra – PDF – 40 kB), a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo disse que um homem, não identificado, morreu em São Jorge depois de atirar contra policiais da Rota. Segundo o governo, os policiais estavam em operação no local quando foram recebidos a tiros. 

“Os PMs intervieram e atingiram o suspeito, que chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Vicentino, mas não resistiu. Com o homem, foi apreendida uma pistola calibre 9mm e uma sacola com porções de crack e maconha”, afirma o governo paulista. O caso foi registrado como morte decorrente de intervenção policial, drogas sem autorização ou em desacordo e tentativa de homicídio.

Uma outra morte foi registrada em uma ação no bairro de Jóquei Club, em São Vicente. Os PMs deram ordem de parada ao suspeito, que tentou fugir a pé e atirou. Os agentes revidaram e atingiram o homem. Ele foi socorrido, mas não resistiu. 

“Dentro do imóvel onde ele tentou se esconder, foram encontrados um caderno com anotações do tráfico de drogas, uma mochila com 439 porções de maconha, 113 eppendorfs com cocaína, duas pedras de crack e um frasco de lança-perfume. Também foi apreendida uma pistola calibre 9mm”, declarou a Secretaria de Segurança Pública.

O secretário de Segurança Pública de São Paulo, Guilherme Derrite, declarou que os criminosos foram “neutralizados” por equipes da Rota. “Seguimos em operações”, disse.

Leia mais sobre o caso:

Policial da Rota é baleado e morre no litoral de SP Câmera corporal mostra soldado da Rota sendo baleado em Santos Bolsonaro vai ao enterro de soldado da Rota morto em SP

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Luciano Bivar cancela eleições do União Brasil

O presidente nacional do União Brasil, deputado federal Luciano Bivar (PE), decidiu cancelar a...

Vídeo: fotógrafo recorda agressão de Ronaldo Fenômeno após flagra

A vida de fotógrafo de celebridades é uma correria danada e muitos artistas flagrados,...

Polícia Federal prende três suspeitos de financiarem manifestações do 8 de Janeiro

A 25ª fase da Operação Lesa Pátria foi deflagrada pela Polícia Federal nesta quinta-feira,...

Mais para você