InícioEditorialPolítica NacionalParlamento da Turquia aprova entrada da Suécia na Otan

Parlamento da Turquia aprova entrada da Suécia na Otan

Presidente Recep Tayyip Erdogan precisa ratificar a decisão; Hungria é o último entrave para a adesão sueca à aliança

O governo do presidente turco Recep Tayyip Erdogan (foto) demorou 20 meses para aprovar o requerimento sueco Divulgação/DoC – 13.mai.2023

PODER360 23.jan.2024 (terça-feira) – 17h38

O Parlamento turco aprovou em sessão nesta 3ª feira (23.jan) o ingresso da Suécia à Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte). O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, deve sancionar a decisão ainda nesta semana.

Com a aprovação da Turquia, a Hungria representa agora o último obstáculo à adesão sueca à Otan. O primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, fez um convite ao primeiro-ministro sueco, Ulf Kristersson, para discutir as negociações sobre a integração do país nórdico à organização, mas não obteve resposta.

A Suécia se candidatou à Otan em maio de 2022, mas enfrentou resistência de Turquia e Hungria. A oposição turca à adesão da Suécia está relacionada ao acolhimento de integrantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão, considerados “terroristas” pelo governo de Erdogan.

Ancara chegou a fechar um acordo para dar seu aval a entrada sueca, mas retrocedeu ao alegar descumprimento da promessa de extraditar separatistas curdos considerados terroristas pela Turquia.

Já os húngaros bloquearam a adesão por causa de críticas do governo sueco à administração de Orbán.

Em abril de 2023, a Finlândia se tornou oficialmente o 31º integrante da Otan depois que os 30 países integrantes da organização aprovaram a adesão. O país apresentou sua candidatura para integrar a aliança militar no mesmo período que a Suécia.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Entenda a negociação entre Brasil e Paraguai sobre Itaipu

Governos dos 2 países discutem tarifas de 2024 e revisão do chamado anexo C...

Mendonça dá 60 dias para empresas renegociarem acordos com Lava Jato

O ministro André Mendonça, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu prazo de 60 dias...

Moraes derruba decisões de Receita e Carf contra Globo e atores

Depois de decisões favoráveis do ministro Cristiano Zanin e da Primeira Turma do STF,...

Canadá propõe regras para atuação de plataformas digitais

A Lei de Danos On-line foi apresentada ao Parlamento pelo governo de Justin Trudeau;...

Mais para você