InícioEditorialEconomiaPaulo Guedes diz que equilíbrio fiscal garante pagamento de benefícios

Paulo Guedes diz que equilíbrio fiscal garante pagamento de benefícios

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o equilíbrio fiscal do Brasil neste período de recuperação da pandemia de covid e de efeitos da guerra entre Rússia e Ucrânia vai permitir o pagamento da PEC dos Benefícios, aprovada nesta semana pelo Congresso, sem impactar no orçamento da União.

Ele fez a declaração em entrevista coletiva, nesta quinta-feira, na abertura da apresentação do Boletim Macro Fiscal, que traz dados gerais sobre a economia brasileira como as estimativas do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de bens e serviços produzidos pelo país, além da inflação e outros parâmetros elaborados pelo Banco Central e o Ministério da Economia.

Guedes também defendeu a redução do ICMS dos combustíveis. Ele argumentou que os estados estão com dinheiro em caixa e que a gasolina mais barata na bomba significa um ganho real e direto de salário no bolso da população.

Para o ministro, os Estados Unidos e a Europa descuidaram das contas públicas nos últimos anos e agora enfrentam recessão e inflação. Já o Brasil, segundo Guedes, passa por um momento positivo na economia, porque a incerteza política no mundo, trazida pela guerra, vai gerar investimentos diretos aqui, já que o país é considerado confiável em todo o mundo.

Também na coletiva, o secretário de Política Econômica, Pedro Calhman, apresentou os dados do PIB que deve encerrar este ano em 2% positivo, com número total de R$ 9,7 trilhões.

Economia Brasília 14/07/2022 – 16:29 Leila Santos / GT Passos Leandro Martins – Repórter da Rádio Nacional Auxílios PEC Paulo Guedes equilíbrio fiscal quinta-feira, 14 Julho, 2022 – 16:29 134:00

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Governo trava taxação de importações de até US$ 50 e adia discussão

Relator tenta acordo para aprovar o fim da isenção, mas governistas estão resolutos; votação...

Quaest: 42% dos deputados avaliam Lula negativamente; 32% aprovam

Rafaela Felicciano/Metrópoles 1 de 1 imagem colorida Lula subindo rampa do planalto - metrópoles...

Mais para você