InícioEditorialPF prende mais um venezuelano com droga no estômago antes de embarcar...

PF prende mais um venezuelano com droga no estômago antes de embarcar em voo para Paris

A PF (Polícia Federal) prendeu um venezuelano com droga no estômago antes de embarcar em um voo para Paris, na França. O caso ocorreu no Aeroporto Internacional de Belém, no Pará. De acordo com a corporação, o homem admitiu que tinha engolido entorpecentes para levá-los à Europa. Ele esperava voo para Lisboa, em conexão a Paris. Diante da situação, o suspeito passou por raio-x no Hospital da Aeronáutica de Belém, em que ficou comprovado que havia cerca de 80 cápsulas de cocaína no estômago dele. Em seguida, o venezuelano foi encaminhado ao Pronto-Socorro Municipal, onde expeliu a droga, sob custódia de policiais federais. Em abril deste ano, a PF registrou um caso parecido. Um venezuelano também foi preso com droga no estômago antes de embarcar em um voo para Paris. No entanto, o episódio aconteceu no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Na ocasião, o suspeito confessou aos policiais que havia engolido cápsulas com cocaína e que portava outras na cintura. O homem foi detido e conduzido à delegacia para exames periciais. Na cintura do suspeito, foram encontradas 76 cápsulas contendo quase meio quilo de cocaína. Em razão do risco de morte, o homem foi levado ao hospital público para retirada da droga ingerida. Após alta hospitalar, ele foi apresentado à Justiça Federal, onde respondeu por tráfico internacional de drogas, assim como o homem preso na Pará irá responder.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

CFM diz que vai enviar ao STF estudos científicos contra decisão de Moraes sobre aborto

A norma, que proíbe a prática em fetos com mais de 22 semanas, foi...

Ex-TV Globo revela ter sido vítima de abuso sexual na infância

Helga Nemetik decidiu quebrar o silêncio e expor ter sido abusada sexualmente durante a...

STF proíbe questionamentos sobre vida sexual de mulheres vítimas de violência

O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu, por unanimidade, proibir questionamentos sobre o histórico sexual...

Mais para você