InícioNotíciasPolítica“Pirâmide do amor”: bombeiro namorou e deu golpe em 18 mulheres ao...

“Pirâmide do amor”: bombeiro namorou e deu golpe em 18 mulheres ao mesmo tempo

Sedução, lábia afiada e muito jogo de cintura são traços fortes da personalidade de um terceiro sargento do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF), acusado de estelionato amoroso por 18 mulheres. Pelo menos cinco ocorrências já foram registradas na Polícia Civil (PCDF). Todas apuram o caso do militar que chegou a noivar, simultaneamente, com seis mulheres em um prazo de um ano.

Raphael Martins Zille Ferreira, 38 anos, figura como autor numa das ocorrências policiais registrada por uma vítima. A mulher em questão se relacionou com Zille por cinco anos e tem uma filha com ele. Além ter uma série de namoradas — muitas já na condição de noivas —, o sargento desenvolveu uma espécie de “pirâmide do amor”, que funcionava com o dinheiro das vítimas. Ao pedir valores em espécie ou presentes para uma delas, o militar repassava os mimos para outra e assim por diante.

Por exemplo: uma das vítimas contou ter comprado dois smartwatches a pedido do bombeiro. No entanto, a mulher descobriu que o militar havia dado os relógios de presente para outra namorada. A vida fácil do sargento seguia o mesmo ritmo quando ele queria almoçar ou jantar em restaurantes caros. Geralmente, a conta era paga pela namorada que o acompanhava.

Veja fotos do bombeiro acusado de estelionato amoroso por 18 mulheres:

bombeiro militar é acusado de estelionato amoroso

O bombeiro é acusado por 18 mulheres de ter cometido estelionato amorosoReprodução

bombeiro militar é acusado de estelionato amoroso

O sargento chegou a manter seis noivas simultâneasReprodução

bombeiro militar é acusado de estelionato amoroso

As mulheres acusam o militar de ameaça Reprodução

bombeiro militar é acusado de estelionato amoroso

As vítimas bancaram o acabamento da casa do bombeiro e identificaram o que cada uma delas comprouReprodução

bombeiro militar é acusado de estelionato amoroso

O sargento participava de várias festas como noivo de pelo menos seis mulheres ao mesmo tempoReprodução

bombeiro militar é acusado de estelionato amoroso

O bombeiro ameaçou matar uma das vítimas caso ela terminasse o relacionamentoReprodução

bombeiro militar é acusado de estelionato amoroso

O militar chegou a pedir dinheiro emprestado para uma das namoradas para comprar aliança para outraReprodução

Bombeiros aplica estelionato amoroso contra 18 mulheres

Reprodução

Casa bancadaOs presentes e os pedidos de dinheiro emprestado não eram suficiente para conter a sanha do militar em explorar as mulheres. Construindo uma casa no Jardim Botânico, o bombeiro usou várias das namoradas para bancar a benfeitoria no imóvel.

Vítimas pagaram desde a compra de banheira da mansão, passando pela instalação do piso e até a compra de cortinas, pias e torneiras. Quase todo acabamento teria sido financiado por algumas das mulheres que acreditavam estar em um relacionamento sério e promissor.

A rede de mentiras tecida pelo militar era calculada friamente, segundo uma das vítimas ouvida pela coluna. “Ele não tinha a menor preocupação de ser fotografado, filmado ou sair de mãos dadas com as tantas namoradas e noivas em lugar público. O Raphael chegava a republicar fotos no Instagram, mas bloqueava temporariamente as mulheres com que ele se relacionava e depois desbloqueava, quando as fotos saíam dos stories”, contou.

O bombeiro enredava as mulheres de tal forma que participava de eventos familiares com cada uma das vítimas, viajava com elas e ainda encontrava tempo de marcar presença nos finais de semana com cada uma das vítimas.

“Depois descobriram que ele tomava café com uma, almoçava com outra e jantava com a próxima da lista. Ele sempre foi muito frio e conseguia criar desculpas para sustentar a falsa relação”, relatou uma das mulheres que comprou uma série de eletrodomésticos para a casa do militar.

Ameaça e coaçãoQuando uma das mulheres descobria as traições, o bombeiro se tornava ainda mais abusivo. De acordo com uma das vítimas, que demorou a se libertar do relacionamento, o sargento fazia questão de frisar que tinha uma arma, e uma grande coleção de facas.

Ao tentar terminar a relação, a vítima ouviu do militar: “Se você arrumar outro homem eu vou te matar e te enterrar no quintal da minha casa”, teria dito o bombeiro.

As ameaças e coações ocorriam, quase sempre, pessoalmente, para evitar que as mulheres conseguissem juntar provas contra o sargento. Em algumas ocasiões, as vítimas eram vigiadas, perseguidas e tinham a casa rondada ou até invadida pelo bombeiro.

“Muitas mulheres que se relacionaram com ele ficaram com muito medo e até hoje não conseguiram ter coragem de denunciá-lo, mas outras tomaram a frente estão registrando ocorrência para tentar acabar com esse ciclo de abusos e violência”, disse uma das namoradas.

A coluna apurou que o militar tem seis filhos com seis mulheres diferentes, sendo que reconheceu apenas um. Após o pedido de medidas protetivas por parte de uma das vítimas, o bombeiro passou a evitar a citação para que a medida não entre, oficialmente, em vigor. A investigação do caso corre na Delegacia Especial de Atendimento a Mulher (Deam), onde cinco vítimas registaram ocorrência e foram ouvidas.

O Metrópoles tentou contato com Raphael Zille por meio de redes sociais atribuídas ao militar, mas, até a última atualização deste texto, o bombeiro não havia respondido aos contatos da reportagem. O espaço segue aberto para possíveis manifestações.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Jovem Pan News chega a 8 milhões de inscritos no Youtube

A Jovem Pan News chegou a 8 milhões de inscritos no Youtube e se...

Celular Seguro ultrapassa 50.000 bloqueios de aparelhos desde dezembro

O número de usuários cadastrados já supera 2 milhões até esta 4ª feira (22.mai),...

Conselho da Petrobras aprova Magda Chambriard para presidência

Tânia Rêgo/Agência Brasil 1 de 1 Imagem colorida de Magda Chambriard, nova presidente da...

Mais para você