InícioEditorialPolítica NacionalPlenário do Senado aprova indicação de Flávio Dino para o STF

Plenário do Senado aprova indicação de Flávio Dino para o STF

Ministro da Justiça, que vai suceder Rosa Weber na Corte, recebeu 47 votos favoráveis e 31 contrários

MATEUS BONOMI/AGIF – AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO

Flávio Dino foi aprovado com 47 votos favoráveis, após 10 horas de sabatina na CCJ do Senado

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, foi aprovado nesta quarta-feira, 13, para ocupar o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) com 47 votos favoráveis e 31 contrários no plenário do Senado Federal – para ser aprovado, eram necessários ao menos 41 votos. Dino ocupa a vaga deixada pela ex-ministra Rosa Weber. Ao responder as perguntas dos senadores, Dino evitou confrontos com políticos da oposição e afirmou que será imparcial no tribunal. Ao longo da sabatina, o senador eleito defendeu a regulamentação das redes sociais, disse não haver uma “ditadura do Judiciário” e rebateu acusações sobre uma suposta omissão nos atos do 8 de Janeiro. Com os 47 votos, Dino igualou a quantidade de votos recebida pelo ministro André Mendonça, o nome “terrivelmente evangélico” indicado pelo agora ex-presidente Jair Bolsonaro à Corte que enfrentou resistência de uma ala da Casa, em especial do presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Davi Alcolumbre (União Brasil-AP). Em 133 anos de história do STF, o Senado rejeitou somente cinco indicações à Corte, todas elas no governo de Floriano Peixoto, em 1894. Como a Jovem Pan mostrou, o relator da indicação de Flávio Dino, senador Weverton Rocha (PDT-MA), prepara um “costelão” nesta quarta-feira para celebrar a aprovação. O churrasco será servido na residência do pedetista. O jantar deve ser servido a partir das 22h. O ex-ministro do STF Ricardo Lewandowski, um dos cotados para suceder Dino na Esplanada dos Ministérios, é um dos convidados para a noite de comemoração. A interlocutores, Weverton negou que a confraternização tenha sido elaborada para festejar a eventual ida do indicado à Suprema Corte do país. O pedetista disse a colegas que já devia uma “costelada” para os integrantes da Casa.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Ex-Record TV desabafa sobre Roberto Cabrini: “Estou decepcionado”

Nesta quarta-feira (24/4), a coluna Fábia Oliveira conversou, com exclusividade, com o jornalista Elian...

Governo Lula adia sessão do Congresso para negociar emendas parlamentares

O governo do presidente Lula (PT) conseguiu adiar a sessão do Congresso que estava...

Haddad pede compromisso ao Congresso para votar tributária em 2024

O ministro da Fazenda foi à Residência Oficial do presidente do Senado nesta 4ª...

Mais para você