InícioEditorialPM suspeito de assassinar advogado a tiros no Rio de Janeiro se...

PM suspeito de assassinar advogado a tiros no Rio de Janeiro se entrega à polícia

Leandro Machado da Silva, policial militar suspeito de ter assassinado a tiros o advogado Rodrigo Marinho Crespo, no último dia 26, se entregou, nesta terça-feira, 5, à polícia, horas depois dos agentes da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) prederam Cezar Daniel Mondego de Souza, funcionário nomeado da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) – deixou o cargo no começo deste mês – e outro envolvido no assassinato. Segundo os investigadores da polícia, Leandro é o responsável por coordenar toda a logística do crime.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

De acordo com as investigações, Cezar e Eduardo Sobreira, que ainda está foragido, foram os responsáveis pela vigilância e monitoramento do advogado nos dias que antecederam o crime e na parte da manhã e início da noite no dia do assassinato. As investigações da Polícia Civil apontam que Cezar e Eduardo usaram um carro Gol braco, parecido como os dos executores.

Rodrigo Marinho Crespo foi morto a tiros no final da tarde do dia 26 de fevereiro quando saiu do escritório de advocacia Marinho & Lima Advogados, o qual era um dos sócios. O advogado tinha experiência em direito civil empresarial com ênfase em contratos e em direito processual civil. Segundo a Secretaria do Estado de Polícia Milita (PM) Leandro Machado estava afastado nas ruas devido a um inquérito por participação em organização criminosa. Ele chegou a ser preso preventivamente em abril de 2021.

*Com informações da Agência Brasil

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Família é Tudo: Vênus se atraca com bandido, tenta fugir e corre risco

Reprodução 1 de 1 Foto colorida de Venus - Metrópoles ...

Oposição vê indicados de Lira perdendo força e planeja lançar candidato próprio para presidência da Câmara

O Congresso Nacional se prepara para escolher os novos substitutos dos presidentes da Câmara,...

Governo cria sistema de combate à violência nas escolas

Decreto determina assessoramento “às escolas consideradas violentas” e apoio psicossocial a vítimas de violência,...

Mais para você