InícioEditorialPolítica NacionalPoderData: 47% dos brasileiros dizem que dengue está "fora de controle"

PoderData: 47% dos brasileiros dizem que dengue está “fora de controle”

Só 38% afirmam que epidemia está “sob controle” no país; mais de 2,3 milhões de brasileiros já foram diagnosticados com a doença e 831 morreram

O mosquito Aedes Aegypti transmite doenças como dengue, zika, febre amarela e chikungunya Genilton Vieiria/Fiocruz

Luísa Carvalho Letícia Pille 28.mar.2024 (quinta-feira) – 10h00

Quase metade (47%) dos brasileiros considera que a situação da dengue está fora de controle no país. Só 38% acham que o cenário de infecções pelo aedes aegypti está “sob controle”, segundo pesquisa PoderData realizada de 24 a 25 de março de 2024. Outros 14% não souberam responder.

O Brasil vive o pior cenário da doença neste século. Só neste ano, o país já registrou mais de 2,3 milhões de casos prováveis da doença e 831 pessoas já morreram por complicações do vírus.

A pesquisa foi realizada pelo PoderData, empresa do grupo Poder360 Jornalismo, com recursos próprios. Os dados foram coletados de 23 a 25 de março de 2024, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 2.500 entrevistas em 202 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O intervalo de confiança é de 95%.

Para chegar a 2.500 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas. Muitas vezes, são mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.

O PoderData fez também a seguinte pergunta: “Você acha que o Ministério da Saúde está fazendo o suficiente para o combate à dengue?”. Os resultados da pesquisa indicam que os entrevistados associam a situação da dengue no país ao trabalho do Ministério da Saúde, sob o comando da socióloga Nísia Trindade, indicada para o cargo pelo comando do PT.

O descontentamento com o trabalho da instituição no enfrentamento da doença tem taxa similar à percepção de que o cenário está “fora de controle”. Quase metade (48%) considera que o ministério não faz o suficiente.

Os percentuais dos que têm uma perspectiva positiva sobre o trabalho da Saúde contra o vírus é de 39% –também próximo aos que avaliam que o cenário está “sob controle” (38%).

CONTROLE DA DENGUE X APROVAÇÃO AO GOVERNO A percepção de que a doença está “fora de controle” pouco varia entre os que dizem aprovar (47%) e os que declaram desaprovar (50%) o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Os percentuais estão empatados tecnicamente dentro da margem de erro da pesquisa de 2 pontos percentuais.

Os apoiadores de Lula, no entanto, são mais positivos quanto ao cenário. Dos que aprovam o petista, 43% consideram que a doença está “sob controle”. Dentre os que desaprovam, a taxa cai para 32%.

ESTRATIFICAÇÃO O Poder360 estratifica os dados por recortes demográficos. Eis os percentuais sobre a percepção do controle da dengue por sexo, idade, região, escolaridade e renda:

AGREGADOR DE PESQUISAS O Poder360 oferece aos seus leitores o Agregador de Pesquisas mais antigo e mais completo da internet no Brasil. Reúne milhares de levantamentos de intenção de voto de todas as empresas desde o ano 2000. Em anos eleitorais, só são publicados os estudos que têm registro na Justiça Eleitoral e metodologia completa conhecida. Tem alguma pesquisa para divulgar? Mande a íntegra por e-mail para o Poder360: [email protected].

Para ter acesso ao Agregador de Pesquisas, clique aqui e busque os dados que desejar para as disputas de 2024 ou de todos os anos anteriores. Essa ferramenta oferece acesso apenas aos assinantes do Poder Monitor, a mais completa ferramenta de acompanhamento dos Três Poderes e tudo o que é relacionado ao poder. Para assinar o Poder Monitor e ter acesso por 30 dias grátis, clique aqui.

METODOLOGIA  A pesquisa PoderData foi realizada de 23 a 25 de março de 2024. Foram entrevistadas 2.500 pessoas com 16 anos de idade ou mais em 202 municípios nas 27 unidades da Federação. Foi aplicada uma ponderação paramétrica para compensar desproporcionalidades nas variáveis de sexo, idade, grau de instrução, região e renda. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

As entrevistas foram realizadas por telefone (para linhas fixas e de celulares), por meio do sistema URA (Unidade de Resposta Audível), em que o entrevistado ouve perguntas gravadas e responde por meio do teclado do aparelho. O intervalo de confiança do estudo é de 95%.

Para facilitar a leitura, os resultados da pesquisa foram arredondados. Por causa desse processo, é possível que o somatório de algum dos resultados seja diferente de 100. Diferenças entre as frequências totais e os percentuais em tabelas de cruzamento de variáveis podem aparecer por conta de ocorrências de não resposta. Este estudo foi realizado com recursos próprios do PoderData, empresa de pesquisas que faz parte do grupo de mídia Poder360 Jornalismo.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Governo cria sistema de combate à violência nas escolas

Decreto determina assessoramento “às escolas consideradas violentas” e apoio psicossocial a vítimas de violência,...

Concurso Nacional Unificado: locais de prova são liberados. Confira

Pedro Iff/Metrópoles 1 de 1 Foto colorida celular site Concurso Público Nacional Unificado -...

Comunicado – Fórum da Comarca de Itamaraju – acompanhe calendário

Administração do Fórum da Comarca de Itamaraju – Estado da Bahia A V I S...

Mais para você