InícioEditorialPorto Alegre enfrenta novas inundações, suspende aulas e fecha estabelecimentos

Porto Alegre enfrenta novas inundações, suspende aulas e fecha estabelecimentos

A cidade de Porto Alegre e a região metropolitana enfrentaram novas inundações nesta quinta-feira (23) e áreas que já estavam livres das enchentes foram novamente tomadas pelas águas. O sistema de prevenção e bombeamento colapsou, agravando a situação com chuvas intensas e aumento do vento que represam o escoamento do Lago Guaíba. Diante deste cenário crítico, a prefeitura de Porto Alegre decidiu suspender as aulas nas escolas públicas e privadas que haviam retomado as atividades. Alguns colégios ainda estavam fechados pelo impacto e permanência das enchentes na cidade.

Além disso, estabelecimentos públicos em áreas alagáveis, como postos de saúde, também foram fechados. Em coletiva de imprensa, o prefeito Sebastião Melo destacou que a chuva foi mais intensa do que o esperado e atingiu novos bairros. “Aquilo que era o problema das áreas alagadas estendeu-se praticamente por toda a cidade com essa chuvarada”, disse. O Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) anunciou o fechamento das comportas de contenção abertas e a instalação de barreiras com sacos nos locais afetados.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

O acúmulo de água atinge tanto bairros afetados em que a água estava baixando, como Menino Deus, Cidade Baixa e Centro Histórico, quanto outras que tiveram menor ou nenhuma inundação anteriormente, como na Cavalhada e na Ponta Grossa. Com a situação, foi necessário realizar o resgate de pessoas ilhadas, principalmente, na zona sul, onde a maior parte não é protegida por diques. O acúmulo de lodo e sujeira também tem contribuído com a dificuldade de escoamento da água.

Moradores relatam prejuízos e preocupações com a continuidade das chuvas. Em locais onde a água tinha baixado, como nas Ruas 21 de Abril e Alcides Maia, no bairro Sarandi, na zona norte, a elevação da enchente causou transtornos aos moradores, que já haviam limpado suas residências na quarta-feira (22), enquanto fazia sol. O Instituto Nacional de Meteorologia alerta para o grande perigo de alagamentos e transbordamentos de rios na região central, metropolitana e sul do Estado.

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Moraes arquiva inquérito contra Google e Telegram

Aberto em 2023, o inquérito investigava as empresas por fazer campanhas “abusivas” contra o...

Barroso tira de pauta julgamento sobre manutenção de Ednaldo na CBF

Com o julgamento da descriminalização do porte de maconha para uso individual marcado para...

Operação Churrascada, da PF, apura suposta venda de sentenças por desembargador do TJ-SP

A ofensiva tem este nome, porque os investigados usavam o termo “churrasco” para se...

Caso Djidja: polícia indicia família da ex-sinhazinha e mais 9 pessoas

Cleusimar Cardoso e Ademar Cardoso, mãe e irmão da ex-sinhazinha do Boi Garantido Djidja...

Mais para você