InícioEditorialEsportesPrefeitura inicia requalificação do segundo trecho da orla de Praia do Flamengo

Prefeitura inicia requalificação do segundo trecho da orla de Praia do Flamengo

A Prefeitura autorizou o início, nesta segunda-feira (10), da requalificação de mais um trecho de orla, com a urbanização da Praia do Flamengo e criação de um viveiro de restinga, visando preservar a flora local. A ordem de serviço para o início das obras foi assinada pelo prefeito Bruno Reis e contou com a presença do secretário de Cultura e Turismo, Pedro Tourinho, da presidente da Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), Tânia Scofield, de gestores municipais e representantes da comunidade. A intervenção busca integrar a beleza natural com a área urbana, sem perder as características originais da região. 

Bruno Reis lembra que todos os detalhes da obra foram discutidos, de modo a alinhar os interesses da Prefeitura, de ambientalistas e dos moradores, visando garantir o melhor caminho para todos os envolvidos. “Hoje damos continuidade ao processo de transformação urbanística dessa parte importante da cidade. Este é o segundo trecho de orla inaugurado nesta região. Primeiro, em Stella Maris, com investimento de aproximadamente R$ 12 milhões, depois o trecho de Ipitanga (R$ 17 milhões), até chegarmos aqui, onde vamos investir cerca de R$ 55 milhões. Todo o projeto foi apresentado e contou com a colaboração dos moradores”, salientou.

Além da requalificação da orla, o prefeito fez anúncios importantes acerca das ações posteriores à obra. “Teremos aqui o primeiro viveiro de restinga de Salvador, para recuperá-la, como foi realizado com sucesso em Ipitanga, preservando o meio ambiente. Além disso, vamos distribuir aos barraqueiros e permissionários 1.300 kits de cadeiras, ombrelones e sombreiros para todos os trabalhadores da cidade. Além disso, faremos a aquisição de 2.600 lixeiras para todo o trecho de orla”, afirmou.

Projeto 
Concebido pela FMLF, o projeto conta com a parceria do Projeto Tamar, e contempla a recomposição da cobertura vegetal com plantio de espécies nativas de restinga de praias. Todas as etapas do projeto foram amplamente discutidas com as comunidades locais. Dividida entre requalificação da orla e viveiro de restinga, a obra contempla 2 km de extensão com um investimento total de aproximadamente R$ 27,8 milhões, com previsão de execução num prazo de 8 meses.

A obra contempla ainda novo paisagismo com sistema de irrigação automatizado, iluminação pública em led, nova pavimentação de passeios e estacionamentos, construção do viveiro de restinga e a implantação de equipamentos como ciclovia, calçadão, trilhas, passeio compartilhado, quadra de vôlei de areia, espaços de convivência, alamedas de acesso, parque infantil, espaço para piquenique, pista de patins e bicicross, estacionamento, pergolados, bancos, deques e rampas de acesso à praia.

O chefe do Executivo Municipal aproveitou a ocasião para fazer um balanço do sobre requalificações e falou sobre o aquecimento do setor de turismo da capital .”Estamos chegando a 100% de orla atlântica recuperada. Do lado da Baía de Todos os Santos, iniciaremos a obra do Porto da Lenha, temos encaminhado o entorno da Igreja dos Alagados, o compromisso de acelerar em Periperi, Escada e Praia Grande. Com isso atingiremos 64 km de orla requalificada. Isso demonstra a importância que a Prefeitura dá ao turismo de sol e praia, pensando em seguir atraindo milhares de turistas para nossa cidade, que voltou a ser desejada e bem falada no Brasil e no mundo”, disse.

Para Tânia Scofield, o cumprimento de mais uma etapa alcança o objetivo de transformar a orla da capital em um grande espaço de contemplação. “Mais um trecho de orla requalificado entre o Farol da Barra e Stella Maris. É um presente para Salvador, que tem praticamente toda a orla requalificada, transformada num grande parque e em uma grande área de lazer, que oferece espaço de contemplação e para realização de atividades diversas”, afirmou.

Melissa Serbake, da Associação de Moradores Flamengo/Stella Maris (Fla/Maris), lembra o grande fluxo de turistas que a região recebe ao longo do ano e celebra a ação da Prefeitura. “Temos uma convivência constante com turistas de todo o mundo, e ações desse tipo impactam bastante na forma como recebemos essas pessoas. Além disso, temos escolinhas de esportes praticados na praia, como surf, esportes com bola e prezamos por essas iniciativas feitas em harmonia com a natureza. Valoriza os imóveis dos moradores, traz ordenamento, propicia novos investimentos e reflete em coisas boas para todos que vivem, trabalham e visitam o bairro”, destacou. 

Meio Ambiente 
Toda a requalificação foi projetada para proporcionar um ambiente urbano agradável com a conservação e restauração do meio ambiente. Dentre as ações previstas está a manutenção do coqueiral e recomposição da cobertura vegetal da região, com o plantio de espécies nativas de restinga de praias e valorizarão ecológica do local.

A nova iluminação foi projetada de acordo com as orientações do Projeto Tamar/ICMBio para a conservação das tartarugas marinhas. Também está prevista a contratação do Projeto Tamar para monitoramento de tartarugas e mapeamento da fotopoluição, visando verificar a incidência de luz artificial nas praias, mantendo o devido cuidado com a fauna e flora existente, a partir da ação de uma equipe ambiental multidisciplinar formada por biólogos, veterinários, geógrafos e engenheiros ambientais, que atuarão para atendimento da legislação e condicionantes ambientais, além de garantir a conservação das espécies que vivem na região.  

O secretário de Cultura e Turismo lembrou que toda a requalificação ocorreu com a anuência dos órgãos ambientais e dos moradores. “O projeto é um investimento gigante em uma das mais belas orlas da cidade, que atua diretamente em harmonia com a natureza, mostrando que é possível preservar ao mesmo tempo urbanizar a região”, disse Tourinho.   

Moradora recente da região, Denise Natividade, de 43, destaca a importância da requalificação para o bem-estar de quem vive ou visita o local. “Acho importante a mudança, por valorizar ainda mais a região, além de garantir conforto e melhorar a autoestima das pessoas em saber que vivemos em um local bonito, um bairro atrativo para baianos e turistas que gostam de contemplar o litoral. Ajuda a desenvolver a cidade e dá muito orgulho aos moradores”, disse.
 

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

UESC com polo em Itamaraju, abre 150 vagas na especialização gratuita EAD em Educação Infantil

A Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC abriu 150 vagas na especialização gratuita...

Planos de Lula para 2024 derrapam no 1º semestre

Presidente prometeu percorrer o Brasil para visitar obras e apoiar aliados nas eleições municipais;...

Acreditar em Lula é como acreditar que três erros fazem um acerto

Acreditar que Lula vai cortar gastos é o mesmo que acreditar que não houve...

Ex-ministro Aloysio Nunes anuncia saída do PSDB

O cenário político do PSDB em São Paulo testemunhou uma série de eventos marcantes,...

Mais para você