InícioEditorialPolítica NacionalProjeto reserva 10% das vagas do Sistema Nacional de Emprego para mulheres...

Projeto reserva 10% das vagas do Sistema Nacional de Emprego para mulheres vítimas de violência

Um projeto de lei aprovado pelo Congresso Nacional, com unanimidade nas duas casas legislativas, estabelece uma reserva 10% das vagas do Sistema Nacional de Emprego (Sine) para mulheres vítimas de violência doméstica ou familiar. “Muitas vezes, a gente ia atender uma ocorrência policial, e a mulher estava lá agredida, arrasada, chorando, agarrada ao seu filho. Quando eu ia colocar o agressor no xadrez, ela clamava: ‘policial, dá só um susto no meu marido, porque se ele for para a cadeia, amanhã eu não tenho o que comer em casa’. Então, muitas mulheres têm dificuldade de sair desse ciclo da violência, de sair da sua casa, por causa dessa dependência financeira. Esse projeto vem estimular as mulheres que sofreram ou que ainda sofrem violência a entrar no mercado de trabalho e, assim, dizer não à violência em casa, violência contra a mulher”, ressalta o autor da proposta, deputado Capitão Alberto Neto (PL-AM). O texto segue agora para sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para poder entrar em vigor.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Após seca histórica, indústria do AM acende alerta para clima em 2024

Meses após a seca histórica no Rio Negro, em Manaus, capital do Amazonas, a...

Governador liga para Lewandowski após ataques com mortes no Ceará

Elmano de Freitas (PT) diz não descartar pedir apoio do governo Lula para reforçar...

Venda agressiva e Gusttavo Lima na propaganda: o que é a Gav Resorts

Com vendedores gravados fazendo promessas “estratosféricas” de investimentos e turistas reclamando de abordagens predatórias,...

2 ministros não reconhecem ligação de Jefferson com 8 de Janeiro

Para Nunes Marques e André Mendonça, ofensas do ex-deputado descritas por Moraes não o...

Mais para você