InícioEditorialQuatro milhões de estudantes devem prestar o Enem neste domingo

Quatro milhões de estudantes devem prestar o Enem neste domingo

Cerca de quatro milhões de estudantes de todo o país devem participar do primeiro dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que ocorre neste domingo, 5. A prova é a principal porta de entrada para as universidades públicas do país. A edição deste ano do Enem ocorre após uma sequência de quedas no número de inscritos. Contudo, em 2023, o exame contou com 3,9 milhões de inscritos, valor 13% maior na comparação com 2022. O Estado de São Paulo é o que mais concentra alunos, com mais de 590 mil inscritos. O exame terá 180 questões, sendo dividido em quatro áreas: Linguagens, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática. Além disso, será aplicada uma redação. Neste domingo, 5, os candidatos realizarão a prova de Linguagens, com 40 questões de língua portuguesa e 5 da língua estrangeira escolhida pelo candidato; de Ciências Humanas , também com 45 questões, e a redação. Já em 12 de novembro, serão aplicadas a provas de matemática e ciências da natureza, ambas com 45 questões.

Nos dois dias o tempo máximo de resolução é de 5 horas e 30 minutos. Os alunos devem chegar com antecedência aos locais de prova, e levarem documento com foto, o cartão de inscrição e caneta esferográfica preta. Os portões dos locais de prova abrem às 12h e ficam abertos até às 13h. A previsão é de início das provas, em ambos os dias, até 13h30. O gabarito será divulgado oficialmente no dia 24. Já a versão do Enem PPL, voltado para pessoas privadas de liberdade, e a reaplicação acontecem nos dias 12 e 13 de dezembro. Cerca de 50 mil candidatos poderão realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023 em uma nova data. Após diversas pessoas reclamarem da distância entre os locais de prova e o endereço domiciliar, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) decidiu disponibilizar uma nova data este grupo. Pessoas que foram alocadas em locais de prova a mais de 30 km de casa poderão optar por realizar a prova nos dias 12 e 13 de dezembro.

Ministério de Minas e Energia criou uma “sala de situação” para garantir o fornecimento de energia elétrica em São Paulo e não comprometer a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O Estado foi atingido por um temporal na tarde da sexta-feira, 3, deixando diversos regiões sem energia há mais de 24 horas. “De acordo com o Ministério de Minas e Energia (MME), nos locais onde a rede de energia elétrica não for restabelecida por meio do sistema de distribuição, as concessionárias deverão alocar geradores para garantir o atendimento do local de prova, sem comprometimento no direito dos estudantes de participar do Enem”, afirmou o órgão. O resultado do Enem sai no dia 16 de janeiro de 2024.

 

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Zona Franca de Manaus mantém benefícios fiscais com reforma tributária

Proposta de regulamentação da reforma tributária dá incentivos para a produção industrial e para...

Governo consegue adiar sessão sobre derrubada de vetos de Lula, evita derrotas e contraria Lira

Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira...

Contratadas! Fernanda e Pitel ganham programa no Multishow

Instagram/Reprodução 1 de 1 Fernanda e Pitel posam juntas durante festa no BBB24 -...

DF: Receita desarticula esquema de sonegação com rombo de R$ 98 mi

Divulgação / Secretaria de Economia 1 de 1 Viaturas da Receita do DF -...

Mais para você