InícioNotíciasPolíticaRéveillon: confira como será a festa que levará 50 mil à Esplanada

Réveillon: confira como será a festa que levará 50 mil à Esplanada

Muita música e diversão aguardam os brasilienses que vão passar a festa de Réveillon na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Um público de 50 mil pessoas é esperado no espaço, que contará com shows e uma contagem regressiva ao som de Roupa Nova.

Além da festa, o público vai ver de perto mais um espetáculo no céu da capital federal. Desta vez, vai contar com até 21 minutos de fogos de artifícios silenciosos. O espetáculo será a iluminação no céu da capital sem os estrondos sonoros.

O Distrito Federal terá shows em quatro localidades: Esplanada dos Ministérios (área central de Brasília), na Praça dos Orixás (Lago Paranoá), na Praça da Bíblia (Ceilândia) e no Setor Recreativo (Planaltina). A programação faz parte do Réveillon Cidade Luz 2024 e custou mais de R$ 5 milhões do Governo do DF (veja abaixo a programação completa).

Na Esplanada, subirão ao palco grandes nomes da música brasileira, como as duplas sertanejas Heverton e Heverson, às 19h, e Israel e Rodolffo, à 1h, e a cantora Naiara Azevedo, às 20h40. O grupo de pop rock Roupa Nova ficará responsável pelo show da virada, marcado para as 22h40.

Naiara Azevedo também se apresentará em Planaltina, no Setor Recreativo, próximo ao Restaurante Comunitário, às 23 horas. Artistas locais e convidados também vão se apresentar no palco da região administrativa. Em Ceilândia, a Praça da Bíblia será o cenário da festa que terá rap, forró e sertanejo. O show principal da noite é da sertaneja Luiza Martins, a partir das 23h30.

Na Praça dos Orixás, localizada na Prainha do Lago Paranoá, a programação começa mais cedo no sábado (30/12) com shows do grupo cultural Obará (18h), da cantora Renata Jambeiro (20h), da banda 7 na Roda acompanhada de Kiki Oliveira (22) e da artista Dhi Ribeiro (1h30). No domingo (31/12), a festa tem início a partir das 18h com o samba da Aruc e segue pela madrugada quando o grupo Obará se apresenta.

Veja a programação do Réveillon Cidade Luz 2024 SÁBADO (30/12)

Praça dos Orixás – Prainha

16h – Entardecer dos Ojás 18h – Grupo Cultural Obará 20h – Renata Jambeiro 22h – 7 na Roda e Kiki Oliveira 0h – Dhi Ribeiro 1h30 – Encerramento DOMINGO (31/12)

Praça dos Orixás – Prainha

17h – DJ 18h – Aruc Samba Show 19h30 – Samba e Magia 21h – Bom Partido e Clara Nogueira 23h – Expressão das Religiões de Matrizes africanas e Afro Brasileiras 0h – Fogos e Tradicional Cascata 0h30 – Expressão das Religiões de Matrizes africanas e Afro Brasileiras 1h – Ase Dudu 3h – Grupo Obará 5h – Encerramento Esplanada dos Ministérios

19h – Heverton e Heverson 20h40 – Naiara Azevedo 22h40 – Roupa Nova 1h – Israel e Rodolffo Praça da Bíblia – Ceilândia

18h – Tropa de Elite 19h – Pedro Paulo e Matheus 20h30 – Neto LX 23h30 – Luiza Martins 1h30 – Banda Imagem Setor Recreativo – Planaltina

18h – Banda Fuzo 19h – Brazilians Band 20h – Cida Avelar 21h – Daniel Beira Rio 22h – Amanda Amaral 23h – Naiara Azevedo Segurança A Secretaria de Segurança Pública e Paz Social implementará um plano de reforço para todos que desejam aproveitar os shows, especialmente na Esplanada. Policiais farão revistas pessoais antes do acesso ao local de shows, que ocorrerão no quinto quadrante da Esplanada, área de maior impacto que será fechada a partir das 23h45 do sábado (30/12).

“A revista pessoal é um procedimento importante para garantir a segurança de todos os presentes. Nossas abordagens terão como foco a retirada de objetos que possam comprometer a segurança, a exemplo de objetos perfurocortantes, como facas e canivetes”, disse o coronel Wesley Santos, chefe do Departamento de Operações (DOP) da Polícia Militar (PMDF).

De acordo com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa, está proibida a entrada com garrafas de vidro e objetos cortantes.

Itens proibidos:

Fogos de artifício e similares Armas de fogo em geral Latas, copos, garrafas, coolers e isopor Apontador a laser ou similares Artefatos explosivos Sprays e aerossóis Animais em geral, com exceção de cães guia Bolsas e mochilas com mais de 100 cm na soma das dimensões dos três lados, ou sejam, altura, largura e profundidade Máscaras de qualquer tipo e tamanho, exceto as de proteção facial Mastros confeccionados com qualquer tipo de material para sustentar, ou não, bandeiras e cartazes Malas, pastas, caixas e similares Churrasqueira de qualquer tamanho Barraca e similares de qualquer tamanho ou tipo Drones não-autorizados Armas brancas ou qualquer outro objeto que possa causar ferimentos, mesmo que representem utensílios de trabalho ou cultural, a exemplo: tesouras, martelos, flechas, tacos, tacape, brocas etc Quaisquer outros itens que possam comprometer a segurança Fogões e similares que utilizem gás e/ou eletricidade Garrafas de vidro e latas Armas de brinquedo, réplicas, simulacros e quaisquer itens que possuam aparência de arma de fogo Drogas ilícitas, conforme a legislação brasileira Substâncias inflamáveis de qualquer tamanho ou tipo Armas brancas ou qualquer objeto que possa causar ferimentos, mesmo que representem utensílios de trabalho ou cultural (tesouras, martelos, flechas, tacos, tacape, brocas) Quaisquer outros itens a serem divulgados, com antecedência mínima de 24h da operação, pela PMDF e/ou SSP e/ou GDF Fogos de artifício silenciosos A medida segue a Lei distrital nº 6.647, de 17 de agosto de 2020, que proíbe o manuseio, a utilização, a queima e a soltura de fogos ou qualquer artefato pirotécnico que produza estampidos na capital federal.

De acordo com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa, os fogos silenciosos permitem, também, respeitar crianças, pessoas dentro do espectro autista que possuem sensibilidade sonora e animais que também são afetados pelo alto barulho.

Apesar de a lei proibir os fogos sonoros desde 2020, a regulamentação só foi feita em fevereiro deste ano. Assim, essa será a primeira festa da virada com regras definidas sobre os artefatos pirotécnicos.

Na prática, a legislação proíbe a queima e a soltura de fogos com “efeito sonoro ruidoso” que ultrapassem 100 decibéis, a partir de 100 metros do ponto de disparo, em todo o território do DF..

Está proibido soltar fogos de artifício em lugares públicos e privados e, em caso de descumprimento, a multa é de R$ 2,5 mil. A apreensão de produtos e petrechos, os quais deverão ser encaminhados para a Divisão de Controle de Armas, Munições e Explosivos da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF).

Trânsito Nos dias 30 e 31, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran) atuará, junto à Polícia Militar do DF, em operações de sinalização, controle e fiscalização de trânsito na Esplanada dos Ministérios.

A partir das 23h45 de sábado (30/12), o trânsito na via N1/S1, entre a Catedral e o 1º Grupamento de Bombeiro Militar, será interrompido nos dois sentidos. O Buraco do Tatuí (ligação entre a L2 Sul e Norte) terá o trânsito liberado para veículos. A reabertura das vias será feita após a dispersão do público e avaliação das autoridades de trânsito.

Para garantir maior segurança na passagem de pedestres, equipes do Detran e da PMDF apoiarão a travessia e também irão trabalhar de forma a coibir infrações, como alcoolemia e estacionamento irregular.

Os estacionamentos dos anexos dos ministérios estarão liberados para uso do público. “Outros locais disponíveis são os estacionamentos dos setores bancário, de autarquias e a plataforma superior da Rodoviária do Plano Piloto. Mas orientamos ao público dar preferência ao transporte por aplicativo ou coletivo. É importante também não deixar itens no interior dos veículos e procurar estar acompanhado nos deslocamentos”, ressalta o subcomandante do batalhão de Trânsito da PMDF, major Marcos Henrique.

O estacionamento do Sesi Lab será o ponto destinado para táxis e aplicativos.

Transporte público O transporte público coletivo do Distrito Federal vai funcionar com uma programação especial na passagem do ano. A Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob-DF) preparou uma operação que inclui reativação de linha e reforço de viagens para atender ao movimento do comércio e também das pessoas que vão participar das festas de Réveillon.

Todas as operadoras deverão reforçar as linhas mais demandadas para que os usuários do transporte público possam chegar às suas residências após o término do horário comercial.

A Semob reativou a linha 103.1, da Piracicabana, para atender o itinerário Rodoviária do Plano Piloto-Pontão do Lago Sul. As viagens serão realizadas conforme a demanda e a linha deverá ter, no mínimo, uma viagem por hora a partir das 12h do dia 31 de dezembro.

A linha 103.1 vai atender também os passageiros que desejarem se deslocar para a Praça dos Orixás.

As concessionárias do transporte público coletivo deverão reforçar, ainda, as viagens de ônibus para atender as festas de fim de ano em Planaltina, onde haverá shows na rua do Restaurante Comunitário, e em Ceilândia, que terá shows na Praça da Bíblia.

A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal informou que no domingo (31/12) o Metrô-DF funcionará das 10h às 4h da manhã.

A Estação Central vai oferecer embarque e desembarque das 10h às 4h. Passageiros poderão embarcar e desembarcar nas demais estações das 10h às 23h30. Após as 23h30, apenas poderão desembarcar.

Na segunda-feira (1º/1), o Metrô-DF não funcionará.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Moraes derruba decisões de Receita e Carf contra Globo e atores

Depois de decisões favoráveis do ministro Cristiano Zanin e da Primeira Turma do STF,...

Canadá propõe regras para atuação de plataformas digitais

A Lei de Danos On-line foi apresentada ao Parlamento pelo governo de Justin Trudeau;...

Traficante preso por 720 kg de cocaína é sócio de rapper TZ da Coronel

São Paulo — No dia 22 de fevereiro de 2022, a Polícia Militar (PM)...

Quem é “Firmeza”, sócio de rapper e apontado como fornecedor do CV

São Paulo — Apontado pela Polícia Federal (PF) como um fornecedor graúdo de drogas...

Mais para você